Região Metropolitana apresenta redução de 35,6% nas mortes provocadas por crimes violentos em 2021 ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA TRIBUNA SHOW

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Região Metropolitana apresenta redução de 35,6% nas mortes provocadas por crimes violentos em 2021

 


A intensificação dos trabalhos policiais em todo Estado, seja ele ostensivo ou investigatório, resultou em balanços positivos nos indicadores criminais no primeiro quadrimestre de 2021. Assim como já divulgado anteriormente pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o Estado apresentou uma redução de 29%, indo de 1.522 para 1.080. Nessa mesma linha, estão as retrações em todas as áreas que compõem o território cearense, como é o caso da Região Metropolitana da Capital, que apresentou queda de 35,6%, indo de 517 para 333 casos.

Ao esmiuçar esses dados por Área Integrada de Segurança, a RMF também apresentou balanços positivos individualmente nas três Áreas Integradas de Segurança que compõem o território: AISs 11, 12 e 13. Ao todo, são 18 municípios. Na AIS 11 (Caucaia, Paracuru, Paraipaba, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu e Trairi) a redução foi de 38,7% indo de 199 para 122. Já na AIS 12 (Guaiúba, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape e Pacatuba) foram de 176 para 108 crimes, com redução de 38,6%. Já a AIS 13 (Aquiraz, Cascavel, Chorozinho, Eusébio, Horizonte, Pacajus e Pindoretama) registrou retração de 27,5%, indo de 142 crimes em 2020 para 103.

“A redução foi resultado de todo um trabalho, desde janeiro, de intensificação de prisões, das investigações, da inteligência e da presença ostensiva. De parte da Polícia Militar, aumentaram significativamente as abordagens, principalmente nas áreas que estão dentro daquelas chamadas de manchas criminais, ou seja, aqueles locais onde concentram a maior parte dos crimes violentos. São ações amparadas pela inteligência e por ferramentas, como o Sistema de Videomonitoramento. De parte da Polícia Civil, é uma intensificação nas investigações de crimes de homicídios e em cima dos grupos criminosos. Todas elas também amparadas pelos serviços de inteligência”, destaca Sandro Caron.

Para o coronel Lourival Lima, à frente do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) da PMCE, “vários aspectos contribuíram para essa redução, podendo se destacar as operações desencadeadas pela PMCE, com a Polícia Civil, a Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (Copol) da SSPDS, com as ações diárias implementadas pelos comandantes de batalhões, proporcionando mais abordagens, a participação direta e indiretamente da comunidade, os meios tecnológicos da SSPDS e a integração entre as forças de segurança que compõem a estrutura da Secretaria e dos municípios”, disse.

A fala do diretor do Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana (DPJM) da Polícia Civil, Leonardo Barreto, reforça a diretriz da pasta de repressão incessante aos crimes. “O Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana da Polícia Civil tem pautado suas ações sob três vertentes: inteligência policial, integração e operacionalidade qualificada, o que tem resultado em constantes reduções nos índices de criminalidade, sobretudo tendo suas ações direcionadas à repressão aos CVLIs, ao tráfico de entorpecentes e à atuação das organizações criminosas. Há uma diretriz para o sufocamento desses grupos que dedicam suas vidas a praticar a traficância de entorpecentes e também executar crimes de homicídio, latrocínio, feminicídio e lesões corporais seguidas de mortes”, disse.

Prisões importantes

Duas prisões importantes ocorreram na Região Metropolitana, mais especificamente em Caucaia, nessa segunda-feira (10). José Clenivaldo da Silva Sales, 20 anos, e Mateus da Silva Sales, 19 anos, foram presos após um cerco da Polícia Militar do Ceará (PMCE) realizado ao imóvel onde os dois estavam, no bairro Paumirim, em Caucaia. Equipes do 12°º Batalhão da Polícia Militar e do Comando Tático Motorizado (Cotam) abordaram os suspeitos e deram voz de prisão. Um deles ainda tentou se desfazer de uma arma dourada, atribuída a Alban Darlan Batista Guerra (25), morto após troca de tiros com a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCRJ), em julho de 2020.

Leia mais

Suspeitos de homicídios são presos com arma atribuída a chefe de grupo criminoso

Ao todo, uma pistola calibre 9 mm, 85 munições, cinco carregadores de pistola e um cordão contendo um pingente de metralhadora foram apreendidos. Os dois são investigados pela Polícia Civil sob suspeita de aparecerem em um vídeo de execução em abril deste ano, no bairro Picuí, em Caucaia. Além disso, a dupla é alvo de inquéritos policiais conduzidos pela Delegacia Metropolitana de Caucaia em razão do indício que os dois possuem a função de executar os homicídios para o grupo criminoso que anteriormente era chefiado por Alban Darlan e por Francisco Cilas de Moura Araújo (44), o “Mago”. Este último foi preso também em julho de 2020, em Teresina, no Piauí. Ambos figuravam no Programa Estadual de Recompensa como homens mais procurados do Ceará. Os suspeitos foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e por integrar organização criminosa. Os trabalhos policiais integrados na região seguem em andamento.

Ascom SSPDS - Texto e fotos

#AISs #Copol #CPM #Crimes Violentos #PMCE #Polícia Civil #Redução #Região Metropolitana #SSPDS

0 comentários:

Postar um comentário