No Ceará e em estados vizinhos: balanço de ações do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA TRIBUNA SHOW

allowfullscreen="true">allow="autoplay; clipboard-write; encrypted-media; picture-in-picture; web-share" allowfullscreen="true">

quarta-feira, 28 de abril de 2021

No Ceará e em estados vizinhos: balanço de ações do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior

 


O trabalho do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) é referência quando se trata de ações ostensivas em regiões inóspitas. Não é à toa que os “guerreiros de caatinga” acumulam importantes atuações em ofensivas registradas em outros estados nordestinos, como em Pernambuco e no Piauí, além de um expressivo número de prisões e apreensões no decorrer de 2020 no Ceará.

“O primeiro combate ao crime no Estado é feito pelos homens altamente treinados do Bepi. O trabalho desenvolvido por eles é fundamental para o controle e a redução dos índices criminais. Seja nos sertões, seja nas divisas, nos locais mais inóspitos desse Estado, a Polícia Militar do Ceará estará sempre lá, por meio do Bepi, dando a sua contribuição fundamental para todo o sistema de segurança”, destaca Sandro Caron, secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Balanço 2020

Somente durante os doze meses de 2020, foram 555 capturas de suspeitos envolvidos em ações criminosas no Estado, o que gerou um total de 380 procedimentos nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Durante essas mesmas ofensivas, 4.018 munições e 330 armas de fogo foram apreendidas, sendo 184 revólveres, 93 espingardas, 35 pistolas e 18 fuzis/rifles.

Já em relação aos entorpecentes, quase 774 quilos de drogas foram apreendidos, correspondendo a cerca de 10% do total retirado de circulação durante 2020, quando pouco mais de oito toneladas foram apreendidas pelas Forças de Segurança no Ceará. Em uma única ação no ano passado, os policiais militares da Companhia de Policiamento de Divisas (COD) do Bepi apreenderam 216 quilos de maconha na cidade de Ipaumirim – Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21) do Ceará. O município faz divisa com o Estado da Paraíba.

Um fato curioso é que a abordagem dos policiais militares especializados ao veículo, onde estava a droga, ocorreu exatamente quando a composição retornava de um apoio dado à Polícia Militar da Paraíba (PMPB), da cidade de Cachoeira dos Índios. A ação ocorreu na rodovia BR 116, já em solo cearense. Um casal foi preso em flagrante na ocasião. Outro número a ser destacado é a quantidade de dinheiro apreendido nas mãos de suspeitos de crimes. Foram quase R$ 180 mil.

Primeiro trimestre de 2021

Nos três primeiros meses de 2021, o Bepi já realizou 129 capturas com 106 procedimentos gerados em delegacias do Estado. Ao todo, já foram 1.152 munições e 93 armas de fogo apreendidas – 44 espingardas, 39 revólveres, nove pistolas e um fuzil/rifle. Já de entorpecentes, quase 22 quilos foram retirados de circulação e das mãos de criminosos. Assim como em 2020, valores em dinheiro também foram apreendidos. Até agora, foram quase R$ 12 mil oriundos de atividades ilícitas.

“É uma unidade especializada que vem dando excelentes resultados nos vários tipos de crimes existentes no interior do Estado e vem efetivando uma suplementação do policiamento ostensivo geral com muita eficiência e efetividade. O Bepi tem sido um divisor de água no fortalecimento da segurança pública no interior do nosso Ceará”, destaca o coronel comandante geral da PMCE, Márcio de Oliveira.

Ações em outros estados

Como dito anteriormente, a expertise das equipes do Bepi renderam apoio a outras polícias nordestinas, com foco em ações contra grupos armados. Uma das mais recentes ocorreu em outubro, quando além dos PMs, a aeronave Fênix 09 da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) foi enviada ao Piauí para dar apoio às buscas de suspeitos de um roubo a banco naquele estado.

O envio de equipes do Comando Tático Rural (Cotar) e de uma aeronave da Ciopaer ao Piauí já havia ocorrido em 2019, quando as equipes cearenses deram apoio às forças de segurança piauienses contra um grupo suspeito de crimes contra instituições financeiras. A ação resultou na apreensão de um vasto material bélico, sendo um AK 47 calibre 7.62 e um 5.56; cinco pistolas calibre 9 mm e uma pistola .40; oito coletes balísticos, três veículos recuperados e valores em dinheiro que totalizaram R$ 80 mil.

Ainda no ano de 2020, o Bepi e novamente a Ciopaer trabalharam em conjunto com a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), nas divisas de Penaforte (CE) com as cidades pernambucanas de Salgueiro, Verdejante e São José de Belmonte. Um carro roubado e uma sementeira de maconha foram apreendidos.

Aline Freires - Ascom SSPDS - Texto e fotos

0 comentários:

Postar um comentário