Mais de 900 pacientes com Covid-19 aguardam leitos de UTI e enfermaria nos hospitais do Ceará ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA TRIBUNA SHOW

allowfullscreen="true">allow="autoplay; clipboard-write; encrypted-media; picture-in-picture; web-share" allowfullscreen="true">

quinta-feira, 1 de abril de 2021

Mais de 900 pacientes com Covid-19 aguardam leitos de UTI e enfermaria nos hospitais do Ceará

 


Mais de 900 pacientes com Covid-19 aguardam por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou enfermaria nos hospitais do Ceará, conforme dados do Integrasus, atualizados às 7h04 desta quarta-feira (1°).

De acordo com a plataforma, 961 pacientes aguardam transferência para os leitos, destes 548 esperam por uma vaga na UTI e 413 pessoas para o leito de enfermaria.

Segundo o Integrasus, 96% dos leitos de UTI adulto no Ceará, contando rede pública e particular, estão ocupados por pacientes com o novo coronavírus. Já a taxa de ocupação das enfermarias adulto está em 80,3%.

Visando aumentar a demanda de leitos para atender a população, o governador Camilo Santana anunciou no último domingo (28) que seis hospitais de campanha estão sendo montados no Estado, com 300 novos leitos ao todo.

Atualmente o Ceará conta com 4.646 leitos exclusivos para Covid na rede estadual e hospitais conveniados. Destes, 1.218 leitos são de Unidades de Terapia Intensiva (UTI's) e 3.428 são de enfermaria.

Aumento nas mortes pela doença
O mês de março de 2021 registrou um expressivo acréscimo na quantidade de mortes em comparação com abril do ano passado, mês considerado o início do primeiro pico da pandemia de Covid-19. No terceiro mês deste ano, foram registrados 2.165 óbitos por Covid-19, um aumento de 152% comparado com abril — quando foram 856 mortes.

No último dia 1º, o Ceará atingiu 5.093 confirmações de coronavírus, maior número desde o começo da pandemia. O mês também é responsável pelo maior quantitativo deste ano, tanto em relação aos casos confirmados, quanto aos óbitos. Confira os números da Covid-19 neste ano, a cada mês.

G1/CE

0 comentários:

Postar um comentário