Lockdown tem apoio da maioria dos brasileiros, aponta pesquisa ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA TRIBUNA SHOW

allowfullscreen="true">allow="autoplay; clipboard-write; encrypted-media; picture-in-picture; web-share" allowfullscreen="true">

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Lockdown tem apoio da maioria dos brasileiros, aponta pesquisa

 


A maioria dos brasileiros concorda com as medidas de isolamento social e restrição de circulação para conter a disseminação da Covid-19 no País. Isso é o que aponta pesquisa recente do Instituto DataSenado, vinculado à Secretaria de Transparência do Senado Federal.

Estudo também indica que a população tem muito medo do coronavírus; acha que a vacinação será mais rápida com a possibilidade de unidades da Federação e empresas comprarem o imunizante; e aposta em campanhas de conscientização sobre uso de máscara e distanciamento social.

Segundo os dados da pesquisa, três em cada quatro brasileiros defendem as providências tomadas para o enfrentamento ao coronavírus nos estados e municípios, como o fechamento de estabelecimentos e o toque de recolher.

O DataSenado avaliou a opinião de mil pessoas, com idades acima dos 16 anos, residentes em  distintas regiões do Brasil. Para a amostra, foram realizadas entrevistas por telefone nos dias 18 e 19 de março deste ano. As perguntas do estudo têm uma estimativa de confiança de 95%, de acordo com o Instituto.

Dos entrevistados, 78% afirmaram que a circulação de pessoas em espaços públicos deve ser restrita. Contudo, o Instituto constata que não há consenso sobre o quanto a restrição deve perdurar durante o dia. Do resultado, 51% acredita que o isolamento social rígido, o chamado lockdown, deve acontecer durante o dia todo. Já 45% acham que a medida rígida deve ser vigente apenas durante parte do dia. Demais entrevistados não souberam definir ou preferiram não responder.

Apoiam as restrições do comércio 54% dos brasileiros. Da estimativa, as opiniões se dividem: 51% concordam com o fechamento parcial (aberto em apenas em algumas horas do dia); 47% defendem o fechamento total (durante o dia todo). A maioria da população acredita que tais limitações devem ser exigidas ao funcionamento de escolas (72%) e igrejas (61%).

Medo
Segundo o estudo, 64% dos brasileiros estão bastante amedrontados sobre a possibilidade de contrair o coronavírus. Na análise, o DataSenado considera que mulheres reportaram a sensação de medo com mais frequência do que homens, assim como desempregados à procura de emprego em relação aos empregados.

A maioria da população considera que há muito risco de contaminação em academias, áreas de lazer, escolas, faculdades, bancos e transporte público. Além disso, sete em cada 10 pessoas sentem que 2021 será um ano pior do que 2020, quando a pandemia chegou ao País. Brasileiros também se mostram preocupados com a crise econômica e a crise na saúde nos próximos meses.

0 comentários:

Postar um comentário