Correio do Bebê: equipe do Hospital Infantil Albert Sabin lê mensagens de familiares para recém-nascidos internados ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA A NOTICIA DO CEARÁ

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

sábado, 24 de abril de 2021

Correio do Bebê: equipe do Hospital Infantil Albert Sabin lê mensagens de familiares para recém-nascidos internados

 

Uma parceria do Serviço Social e da equipe de Psicologia da unidade hospitalar, projeto humaniza atendimento

Para amenizar as angústias e reduzir as distâncias entre familiares e bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), o Serviço Social da unidade, juntamente com a equipe de Psicologia, desenvolveu um projeto para atenuar a espera pela recuperação dos pequenos. Com o “Correio do Bebê”, recadinhos dos parentes são lidos para os recém-nascidos e posteriormente colados nas incubadoras do Centro de Terapia Intensiva Neonatal (CTIN) do Hias, equipamento da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). “Mamãe e Papai estão aqui orando por você. Vontade grande de te pegar”; “Peço todos os dias, todas as horas, que Papai do Céu restaure logo sua saúde”; “Meu neto da vovó, eu creio que Deus já deu sua saúde e do seus amiguinhos que se encontram com você” são algumas das mensagens enviadas por mães, pais, tias e avós.

Regina Santiago, mãe da pequena Ruth Emanuelle, que recebeu alta da CTI, conta da alegria que foi poder se comunicar com a filha, mesmo que à distância. “No dia da chamada, eu senti uma sensação muito feliz e minha família também. Nós ficamos muito felizes e nos emocionamos bastante. Foi um alívio no meu coração porque, desde o dia que saiu de perto de mim, passavam mil e uma coisas pela minha cabeça”, relata Regina, que já está ao lado da filha em outra ala de internamento do hospital.

Devido à pandemia de Covid-19, algumas unidades fechadas estão com acompanhamento e visitas reduzidas. Os acompanhantes voltam a ter acesso quando as crianças vão para as enfermarias.

Mãe da pequena Ruth Emanuelle, Regina Santiago ficou alegre em poder se comunicar com a filha, mesmo que à distância

De acordo com Suziane Fabrício, assistente social do Hias e idealizadora da iniciativa, a ideia do Correio do Bebê surgiu a partir do grupo de mães no WhatsApp. “Eu observava bastante a troca de mensagens entre elas, mensagem de apoio, recados para os bebês e, quando vi o grupo, pensei que seria muito interessante pegar essas mensagens, imprimi-las e colocá-las nos bercinhos dos bebês”, afirma.
Correio do Bebê e Projeto Acalentar

A ação ocorre em conjunto com o Projeto Acalentar, que realiza videochamadas com os familiares dos pequenos internados. Durante as ligações, as mães veem os recadinhos nas incubadoras e acompanham a leitura para os bebês. “A mãe fica feliz, a família fica. Poder proporcionar isso aos familiares é muito gratificante”, comemora a assistente social.

>> Projeto Acalentar: videochamadas no Hias aproximam familiares de pacientes

Para a psicóloga Clara Arruda, também integrante do projeto, apesar de simples, a iniciativa tem efeito sob vários aspectos. “É uma ação que começa antes de a mensagem ser colocada no bercinho. Ela vai começar no momento em que as famílias se colocam disponíveis para pensar no que elas desejam para eles. É um momento em que já estão pensando e fortalecendo a relação deles com aquele bebê”, pontua.

‘Correio do Bebê’ fortalece vínculo entre famílias, bebês e profissionais de saúde

Para ela, além de reforçar vínculos familiares, também fortalece o vínculo com a equipe multidisciplinar que participa do cuidado daquelas crianças. “A equipe tem a oportunidade de conhecer quem é aquela família, quem é aquele bebê dentro daquela família. Essa é uma forma de fortalecer essa relação que existe entre a equipe, a família e o bebê”.

Eduarda Talicy - Ascom Hias - Texto e Fotos



0 comentários:

Postar um comentário