Ceará registra mais de 29 mil novas empresas no primeiro trimestre de 2021 ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA MENSAGEM BÍBLICA

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

terça-feira, 6 de abril de 2021

Ceará registra mais de 29 mil novas empresas no primeiro trimestre de 2021

 

Número de novas empresas tem aumento de 27% nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021

O número de empresas registradas no Ceará, desde o dia 01 de de janeiro ao dia 31 de março de 2021, somou 29.125 aberturas de novos negócios, conforme dados da Junta Comercial do Estado do Ceará, autarquia vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho. Esse resultado reflete um aumento de 27% em relação ao mesmo período do ano passado, que somou 22.920 empresas abertas.

O setor que mais abriu empresas foi o de serviços com 15.855, seguido do comércio que registrou 10.470 novas empresas e a indústria somou 2.800 constituições. Os tipos Empresário e Microempreendedor Individual (MEI) foram os que mais registraram abertura de novos negócios, com 24.870 registros no período. Ao todo, foram 48.535 pedidos aprovados somente no período citado, se somarmos todos os tipos de registro empresarial, que podem ser aberturas, alterações e baixas de empresas.

De acordo com a presidente da Jucec, Carolina Monteiro, a Jucec vem adotando políticas de simplificação para a formalização de novos negócios como a Junta Digital, Registro automático, Assinaturas Avançadas, entre outros. “O enfrentamento à pandemia vem sendo trabalhado paralelamente a um desenvolvimento econômico e social com apoio aos empreendedores, então acreditamos que ao fim da pandemia, seguiremos com bons resultados”, explica.

Em relação às atividades, o balanço realizado pela Jucec mostrou que o comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (CNAE 4781-4/00) foi a atividade que mais registrou abertura de empresas nos meses de janeiro, fevereiro e março com 1.919 novas empresas. Em seguida as empresas de promoção de vendas (CNAE 73190/02), sendo 1.283 de comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios – minimercados, mercearias e armazéns (CNAE 47121/ 00), 1.210, e restaurantes e similares (CNAE 56112/01), com abertura de 1.057 novos negócios.

Os fechamentos de empresas também apresentaram um aumento de 14% no primeiro trimestre deste ano, em comparação aos mesmos meses de 2020. Este ano, foram 9.295 extinções registradas na Jucec, contra 8.115 fechamentos realizados no primeiro trimestre de 2020. O setor que mais registrou encerramentos de empresas foi o de serviços, com 4.442 registros de baixa.

Cecília Marques - Ascom Jucec - Texto
Nivia Uchoa - Fotos


0 comentários:

Postar um comentário