Trabalho das Polícias cearenses resulta na queda de 63,6% nos roubos de cargas em 2021 ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA MENSAGEM BÍBLICA

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

sexta-feira, 12 de março de 2021

Trabalho das Polícias cearenses resulta na queda de 63,6% nos roubos de cargas em 2021

 

A maior retração ocorreu em janeiro, com 83% de queda. Já em fevereiro foram três casos contra cinco do ano passado, com redução de 40%

Com queda nos dois primeiros meses de 2021, o Ceará apresentou uma redução de 63,6% nos roubos de carga no Estado em comparação ao mesmo período do ano passado. Foram onze crimes registrados em janeiro e fevereiro de 2020 contra quatro ocorridos nos dois primeiros meses deste ano. A retração do indicador acompanha o resultado positivo nos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP), que caiu 28,8% na soma dos dois meses de 2021, indo de 12.727 para 9.063 crimes. O CVP agrupa todos os tipos de roubos, exceto o latrocínio, quando há roubo com resultado morte.

A maior retração ocorreu em janeiro, com 83% de queda. No primeiro mês do ano, apenas um caso de roubo de carga foi registrado no Ceará. No ano passado, em igual período, foram seis. Nenhum dos 12 meses de 2020 registrou número inferior ou igual a janeiro deste ano. Já em fevereiro de 2021 foram três casos contra cinco do ano passado, com diminuição de 40%. As informações foram compiladas pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) a partir de casos registrados nas delegacias da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).

“Esse bom resultado se deve ao trabalho integrado entre a Polícia Civil, a Polícia Militar e a Secretaria da Segurança, por meio da sua Coordenadoria de Inteligência (Coin)”, destacou o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron. O gestor reforçou o trabalho especializado desenvolvido pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) da Polícia Civil, bem como a parte ostensiva do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi), por meio do Comando Tático Rural (Cotar) e da Companhia de Operações de Divisas (COD).

“Em relação à Polícia Civil, destacamos a DRFVC que tem uma atuação especializada em repressão ao roubo de carga e na investigação de grupos envolvidos nesse tipo de crime. Outras unidades também da Polícia Civil realizam trabalhos importantes em relação a esse tipo de crime. E a Polícia Militar, já entrando na parte de policiamento preventivo e ostensivo, possui uma atuação muito importante especialmente através do Bepi, mas também outras unidades que acabam evitando situações de roubos de cargas e realizando prisões em flagrante. Isso se deve à integração entre a inteligência e o policiamento ostensivo”, salientou.

Ascom SSPDS - Texto


0 comentários:

Postar um comentário