Testes de antígeno são distribuídos a serviços de emergência para diagnóstico mais rápido ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA TRIBUNA SHOW

allowfullscreen="true">allow="autoplay; clipboard-write; encrypted-media; picture-in-picture; web-share" allowfullscreen="true">

quinta-feira, 25 de março de 2021

Testes de antígeno são distribuídos a serviços de emergência para diagnóstico mais rápido


 

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) disponibiliza testes rápidos de antígeno para a rede de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e hospitais públicos de porta aberta que são referência no atendimento a pacientes com Covid-19. A metodologia possibilita o diagnóstico em 15 minutos, por meio de swab nasal (com haste flexível).

Aproximadamente 160 mil unidades do insumo foram adquiridas pela Sesa e serão distribuídas aos serviços em Fortaleza e no Interior. Os testes podem ser utilizados para diagnóstico na fase aguda da doença, na janela entre o 1º e 7º dia do início dos sintomas.

“Esse teste só deve ser aplicado em pessoas com sintomas gripais, então não é para rastreamento de assintomáticos, mas sim para tirarmos rapidamente a dúvida se o paciente com síndrome gripal grave que está chegando a uma dessas unidades está ou não com Covid-19”, explica a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa, Magda Almeida.

A gestora complementa ainda que, caso o cidadão apresente sintomas gripais e o diagnóstico seja negativo para a doença, é recomendado que seja feito outro exame, o RT-PCR, que continua sendo o “padrão ouro”. “A distribuição dos testes de antígeno para essas unidades dará agilidade na triagem e transferência desses pacientes”, afirma.

Até o momento, cerca de 39 mil unidades do teste já foram distribuídas entre as UPAs do Estado (11.200 testes) e os hospitais São José (HSJ), Geral de Fortaleza (HGF) e de Messejana (HM), que receberam 7.500 testes cada. Os hospitais regionais Norte (HRN) e Sertão Central (HRSC) receberam, juntos, 5.400 itens.

Suzana Mont'Alverne - Ascom Sesa - Texto
Brauliana Barbosa - Arte gráfica

0 comentários:

Postar um comentário