Sesa se reúne com setor farmacêutico para ajudar municípios com estoque e fornecimento de medicamentos ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA TRIBUNA SHOW

allowfullscreen="true">allow="autoplay; clipboard-write; encrypted-media; picture-in-picture; web-share" allowfullscreen="true">

segunda-feira, 22 de março de 2021

Sesa se reúne com setor farmacêutico para ajudar municípios com estoque e fornecimento de medicamentos

 

Secretaria da Saúde do Ceará se prepara para centralizar as compras dos medicamentos e ajudar unidades hospitalares de responsabilidade das prefeituras e secretarias municipais, agilizando processo de aquisição

Na manhã deste domingo, 21 de março de 2021, o titular da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), participou de reunião virtual com o presidente da Fecomércio-CE, Maurício Filizola, e com os gestores da indústria e distribuição de medicamentos do Estado. A Sesa se planejou com antecedência e tem garantido os fármacos essenciais para o tratamento da Covid-19 em sua rede hospitalar. A pasta articula uma forma de agilizar a aquisição imediata pelos municípios cearenses.

O objetivo da reunião foi alinhar medidas alternativas para garantir o estoque e o fornecimento de medicamentos aos municípios durante este segundo pico da pandemia de Covid-19 no Brasil. O Ministério da Saúde, responsável pela compra e envio dos medicamentos para estados e municípios, não dimensionou a demanda desses insumos para o cenário atual. Um novo encontro está agendado para a próxima quarta-feira (24). A Sesa se prepara para centralizar as compras dos medicamentos e ajudar as unidades hospitalares de responsabilidade das prefeituras e secretarias municipais, agilizando o processo de aquisição.

“A média de internação nas unidades de saúde aumentou, diminuindo a proporção de óbitos, mas exigindo mais demanda de medicamentos e insumos. Queremos trabalhar em parceria com o setor farmacêutico para garantir o pleno atendimento e acolhimento aos pacientes nos hospitais da Rede Sesa e das prefeituras cearenses”, ressaltou Dr. Cabeto, lembrando que a Secretaria solicitou que os municípios se preparassem de forma antecipada com mais medicamentos e insumos.

Titular da Saúde, Dr. Cabeto participa de reunião virtual com o presidente da Fecomércio-CE, Maurício Filizola

Na reunião, o titular da Sesa destacou que a população do interior do Ceará tem maior acesso à saúde pública nos últimos anos. Atualmente, 18 municípios cearenses contam com Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e mais de 300 hospitais de pequeno porte em todo o Estado, de responsabilidade dos municípios, o que exige mais medicamentos e insumos. Com uma demanda muito superior que a do primeiro pico da pandemia, em 2020, a Sesa ajuda emergencialmente as unidades municipais de saúde, que precisam desses medicamentos.

“Sabemos da situação que o Ceará e o Brasil todo estão enfrentando, mas o setor de medicamentos está aqui, unido para podermos sair logo dessa situação. Sabemos que o propósito da Sesa é trazer saúde plena para toda a população cearense”, afirmou Maurício Filizola. Segundo gestores do setor farmacêutico, a matéria prima dos medicamentos vem da China ou da Índia e que busca-se também importações de outros países.

Agilidade nas solicitações

Após o encontro virtual, a Sesa realizou reunião interna com setores Jurídico e de Compras para definir ações que buscam agilizar as solicitações para o setor farmacêutico. A Secretaria vai acelerar a requisição da compra do material com vários fornecedores para garantir o atendimento a pacientes em tratamento de Covid-19 no Ceará, assim como centralizar as compras e fazer convênios com os municípios para ajudar e tornar a chegada dos medicamentos mais rápida.

Guto Castro Neto - Ascom Sesa - Texto
Tiago Stille - Ascom Casa Civil / Ascom Sesa - Fotos


0 comentários:

Postar um comentário