O Ceará inteiro, sobretudo a cidade de Mombaça chorou e ficou chocada com a morte dos dois irmãos acadêmicos em medicina ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA MENSAGEM BÍBLICA

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

quinta-feira, 18 de março de 2021

O Ceará inteiro, sobretudo a cidade de Mombaça chorou e ficou chocada com a morte dos dois irmãos acadêmicos em medicina

 


O Ceará inteiro, sobretudo a cidade de Mombaça, onde os irmãos nasceram e foram criados, chorou e ficou chocada com a morte dos dois irmãos acadêmicos em medicina, que tiveram suas  vidas ceifadas tão bruscamente e precocimente por um capitão da PM numa churrascaria da cidade de Iguatú.


Histórico


A denúncia do Ministério Público (MP) estadual aponta que os irmãos estudantes de medicina Marcelo e Leonardo foram assassinados na madrugada de 17 de março de 2007. Segundo testemunhas, Marcelo urinou próximo ao carro de Daniel Gomes, onde se encontrava a enteada do policial. O processo relata que, ao ver a cena, o PM foi tomar satisfações e atirou no abdome do estudante. Leonardo teria saído em defesa do irmão e também acabou baleado. As vítimas foram socorridas, mas não resistiram.

Na mesma noite do crime, Bezerra se apresentou à Delegacia de Jaguaribe e confessou o duplo homicídio, alegando legítima defesa, segundo o processo. Na ocasião, afirmou que a arma usada foi tomada de um dos universitários e que atirou apenas para se defender das agressões dos estudantes. O ex-PM foi preso no Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Fortaleza, e em maio de 2010, após procedimento administrativo, foi expulso da PM. 


Em 07 de  dezembro de 2011 finalmente aconteceu o Julgamento do Ex-capitão, em Fortaleza, onde o réu foi condenado a 46 anos de prisão. Mas em 2016 A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) reduziu a pena do ex-capitão da Polícia Militar, Daniel Gomes Bezerra, para 25 anos e seis meses de prisão. 


Amigo seguidor, você se lembra dessa fato marcante?


Por: Toptvonline

0 comentários:

Postar um comentário