Governo do Ceará se reúne com distribuidoras para agilizar envios de medicamentos aos municípios cearenses ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA MENSAGEM BÍBLICA

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

quinta-feira, 25 de março de 2021

Governo do Ceará se reúne com distribuidoras para agilizar envios de medicamentos aos municípios cearenses

 

A Secretaria se planejou para ter quantidade garantida de medicamentos nas unidades hospitalares da Rede Sesa. Entretanto, os municípios, responsáveis por gerir seus próprios estoques, estão solicitando empréstimos emergenciais de remédios devido ao momento crítico da pandemia

Em nova reunião com representantes do setor farmacêutico, realizada nessa quarta-feira (24), o titular da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), reiterou a responsabilidade das distribuidoras de medicamentos em garantir o rápido envio dos fármacos necessários para o enfrentamento da pandemia da Covid-19 para unidades de saúde públicas e privadas, mesmo em cenário de elevação da demanda.

O assunto foi tratado em reunião semelhante, no último domingo (21), quando ficou acordada a centralização das compras, para garantir que os municípios recebessem os medicamentos de forma rápida e adequada. Entretanto, não houve qualquer sinalização de resposta às solicitações da Secretaria. Dessa forma, na intenção de evitar o desabastecimento em todo o Estado, a Sesa requisitou administrativamente, na tarde de terça-feira (23), em operação coordenada com as secretarias da Fazenda e da Segurança Pública e Defesa Social (Sefaz e SSPDS), o estoque de 26 distribuidoras.

“Estamos nos vendo num cenário inapropriado para a população cearense, então resolvemos tomar essa atitude. Vivemos uma situação de excepcionalidade e nós precisamos preservar a vida das pessoas. Quero manter essas reuniões de alinhamento, numa relação ética e transparente, prezando pelo diálogo com o setor”, asseverou Dr. Cabeto.

A Secretaria se planejou para ter quantidade garantida de medicamentos para tratamento da Covid-19 nas unidades hospitalares da Rede Sesa. Entretanto, os municípios, responsáveis por gerir seus próprios estoques, estão solicitando empréstimos emergenciais de remédios em grandes quantidades devido ao momento crítico da pandemia em todas as regiões cearenses.

União e articulação

No encontro virtual dessa quarta-feira, representantes do setor farmacêutico destacaram o papel da Sesa durante a pandemia. “Quero agradecer ao trabalho do secretário Dr. Cabeto, sendo um das principais lideranças do Estado no enfrentamento à Covid-19”, ressaltou Maurício Filizola, presidente da Fecomércio-CE. Para o presidente do Sindicato do Comércio Atacadista de Medicamentos, Perfumaria e Higiene Pessoal do Estado do Ceará (Sincamece), Ernani Rios, eventuais dificuldades podem ser resolvidas com o diálogo permanente. “O mais importante é que vamos manter a parceria com a Secretaria da Saúde”.

A articulação e o trabalho conjunto entre setor público e iniciativa privada têm papéis relevantes na busca por soluções que garantam a continuidade do combate à pandemia. “O Ceará foi pioneiro na inovação das políticas públicas de saúde e os outros estados estão seguindo. Além disso, o SUS é um sistema de saúde fantástico que está salvando milhares de vidas”, comentou Vagner Nogueira, vice-presidente da União Química Farmacêutica Nacional.

Ascom Sesa

0 comentários:

Postar um comentário