Governadores ampliam mobilização e trabalham pacto nacional no combate à pandemia ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA MENSAGEM BÍBLICA

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

segunda-feira, 8 de março de 2021

Governadores ampliam mobilização e trabalham pacto nacional no combate à pandemia

 


Os governadores intensificam as ações para viabilizar a compra de vacinas contra à Covid-19 e trabalham a unificação de medidas mais restritivas para impedir o avanço da pandemia. A formação de um pacto nacional une, os Governadores do Distrito Federal e de 21 estados Ceará, Piauí, Paraíba, Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, São Paulo, Pará, Distrito Federal, Alagoas, Minas Gerais, Sergipe, Goiás, Maranhão, Amazonas, Paraná, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Apenas cinco Chefes de Executivos Estaduais – Acre, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima e Tocantis, não se manifestaram, até a noite desse domingo, sobre a ideia de um pacto nacional.

O vácuo deixado pelo presidente Jair Bolsonaro na coordenação de um movimento nacional para enfrentamento da pandemia abriu espaços para as articulações dos governadores. Bolsonaro foi levado ao isolamento até mesmo pela oposição que faz a ações adotadas pelos Estados e Municípios para conter avanço da doença.

O número elevado de pessoas infectadas pela Covid, a superlotação dos hospitais e a demora do Ministério da Saúde em agir para compra de vacinas, além da oposição de setores da administração federal às medidas de restrições impostas pelos estados e municípios, empurraram governadores e prefeitos para uma corrida contra o tempo na luta pela importação de vacinas.

As negociações feitas pelos prefeitos e governadores com laboratórios responsáveis pela produção dos imunizantes ganharam mais força nesta última semana. O Fórum dos Governadores dos 9 Estados do Nordeste já acertou a compra de 25 milhões de doses de vacinas, enquanto quase 2.000 prefeitos oficializam, nos próximos dias, a formação do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, que é liderado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

0 comentários:

Postar um comentário