2021 ~ TribunaIguatu.com
Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

segunda-feira, 8 de março de 2021

Escuta e acolhimento transformam a vida de mulheres em situação de violência

 

Reportagem especial visita o trabalho da Casa da Mulher Brasileira em Fortaleza, mantida pelo Governo do Ceará, através da SPS. Uma batalha diária em nome da independência de quem imaginava não ter a quem recorrer.

“Hoje a Maria é uma super guerreira”. Foi assim que Maria (nome fictício), 45, descreveu como se sente nesse novo momento em sua vida. A atual imagem que ela tem de si mesma é bem diferente daquela que tinha há alguns anos, quando esteve em situação de violência doméstica dentro de um relacionamento que durou mais de uma década.

Ela é uma das mulheres atendidas pela unidade da Casa da Mulher Brasileira (CMB) em Fortaleza, equipamento que atua com rede de proteção e atendimento humanizado a mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. A Casa foi construída e equipada pelo Governo Federal, a partir de iniciativa do Ministério dos Direitos Humanos (MDH) e é gerida pelo Governo do Ceará, desde 2018, por meio da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS).

Nem tudo são flores


No início do relacionamento entre Maria e o ex-companheiro, tudo parecia ser uma moldura perfeita para a fotografia de uma vida cheia de afeto e alegria, que ganhou mais cores depois do nascimento dos filhos. Mas, aos poucos, ela se deu conta que estava perdendo a liberdade e a autoconfiança por causa do comportamento dele. “Eu, mulher, dona de mim, hoje eu tenho essa certeza, acabei ficando nas mãos dele”, disse.

Comportamento que a deixava insegura e estabelecia dependência financeira. “Eu não podia estar em momento algum com o olho, assim, olhando para cima, porque ele tinha que saber o que estava pensando”, lembra. Não durou muito tempo para que a fiscalização do pensar se transformasse em episódios mais violentos, com insultos e agressões cada vez mais frequentes. “Ele tentou e me afastou da família. Amigos eu não tinha mais. Eu não tinha vida social, porque eu tinha medo, eu tinha vergonha”.

A história que Maria compartilha também é vivenciada por muitas mulheres cis e trans no Brasil, é o que afirma Danielle Mendonça, titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza, que atua a fim de proteger as mulheres vítimas da violência, responsabilizando criminalmente o agressor. “Nós vivemos em uma sociedade patriarcal, extremamente machista, na qual a mulher é julgada por seus comportamentos, e na qual existem estereótipos de gênero que elas devem atender, e caso essa mulher não corresponda a esse padrão de comportamento, os agressores acreditam que têm o direito de puni-la. E daí nasce a violência de gênero”, explica.

Os tipos de violência de gênero podem ser: doméstica (física, psicológica, moral, sexual e patrimonial); assédio moral; assédio sexual; negligência; violência institucional; pornografia virtual; entre outras formas de violência.

Rede de acolhimento

Mesmo com medo das constantes ameaças do ex-companheiro, Maria conseguiu dar o primeiro passo para colocar o ponto final no ciclo de violências que sofria. A primeira atitude tomada foi partilhar com outras pessoas da família o que estava acontecendo dentro de casa. Depois, ela buscou apoio na Casa da Mulher Brasileira. Uma atitude que é difícil de tomar, mas que é necessária, destaca a psicóloga e assistente técnica da CMB, Mayara Viana. “A gente aconselha que essas mulheres sempre peçam ajuda à família, contextualizem o que está acontecendo, porque o agradecer afasta ela de todo mundo. Então, ela não tem a quem pedir ajuda. Mas a gente aconselha também a mulher a vir à Casa da Mulher Brasileira”.

A psicóloga explica que o equipamento opera em rede, concentrando os serviços da Delegacia de Defesa da Mulher, Defensoria Pública, Ministério Público e Juizado Especial, além de oferecer atendimento psicossocial dos centros de referência estadual e municipal, abrigamento temporário e espaço infantil para as crianças que estejam acompanhando as mães em atendimento. Todos os serviços oferecidos são inteiramente gratuitos. “A mulher quando chega aqui tem como porta de entrada o Centro de Referência, onde ela vai ter a escuta humanizada, o atendimento qualificado, com uma equipe multidisciplinar, que vai direcioná-la para programas de assistência. Tem todo esse suporte do ponto de vista emocional”.

 A Casa também incentiva as mulheres a buscarem independência financeira, oferecendo cursos de capacitação e atividades por meio do setor de Promoção da Autonomia Econômica. Oportunidade importante para Maria, que realizou o sonho de fazer um curso de cabeleireira. “Eu entrei num grupo delas e o próximo curso seria de cabeleireiro, e eu fui incluída, coloquei meu nome. Aí pronto, foi tudo de mais maravilhoso na minha vida. Voltei para a sociedade. Voltei a ver que tudo aquilo era um pesadelo, que eu tinha acordado”, comemora Maria.

Casa da Mulher Cearense

Com o objetivo de ampliar essa rede de acolhimento às mulheres vítimas de violência para o interior do estado, o Governo do Ceará oficializou, em 2020, ordem de serviço para a construção de duas unidades da Casa da Mulher Cearense (CMC), projeto inspirado na Casa da Mulher Brasileira. As unidades serão localizadas nos municípios de Juazeiro do Norte, no Sul do estado, e Sobral, na região Norte.

A estrutura física da CMC seguirá o programa de necessidades do projeto-padrão federal, com pavimento único e seis blocos em torno de um pátio central coberto: Administração, Delegacia, Tribunal, Atendimento Psicossocial, Ministério Público e Defensoria, e Bloco de Apoio.

Atendimento durante a pandemia

O atendimento da Casa da Mulher Brasileira não parou durante a pandemia. Alguns serviços passaram a ser oferecidos de forma remota, mas a recepção e a Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza seguem funcionando de forma presencial, 24 horas por dia.

De junho de 2018 a janeiro de 2021, o equipamento realizou 50.088 atendimentos às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar – números referentes aos primeiros atendimentos presenciais e remotos.

Larissa Falcão - Texto
Tatiana Fortes - Fotos

Calendário cearense terá quatro feriados entre março e abril; governo ainda não se manifestou

 


Entre março e abril de 2021, o Ceará terá quatro feriados em dias de semana. Estas datas, no entanto, podem ser afetadas pelos altos números de casos e óbitos da Covid-19, como aconteceu com o Carnaval. Na última quarta-feira, 3, o setor do comércio varejista de Fortaleza solicitou autorização para funcionar em horário padrão durante os feriados estaduais.

No começo do ano, em meio a um “feriadão” nacional, não se esperava que Fortaleza e outros municípios cearenses retomassem o isolamento social rígido. Na Capital, o lockdown, vigente desde a última sexta-feira, 5, se encerra em 18 de março, um dia antes do primeiro feriado do mês. Em 2020, março coincidiu com o período da pandemia, o que manteve àquela época os cearenses em casa, sem expediente normal, freando a circulação de pessoas e veículos.

Procurado pelo O POVO acerca do funcionamento dos feriados, o governo estadual não se manifestou até o fechamento desta reportagem. Diante da crise sanitária com a pandemia e da rede hospitalar cearense prestes a colapsar, medidas sociais mais rígidas poderão ser estendidas, mas ainda não há confirmação a esse respeito.

O primeiro feriado de março ocorre em uma sexta-feira, dia 19, quando se comemora o Dia de São José, padroeiro do Ceará. Apesar de não ser feriado estadual, representa folga em Fortaleza, Aracati, Aquiraz, Caucaia, Crateús, Iguatu, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Pacajus, Quixadá, Sobral, entre outros municípios. Em seguida, o Estado celebra a Data Magna, dia da libertação dos escravizados, em 25 de março, um feriado estadual.

Os dois feriados de abril são nacionais. No segundo dia do mês, na Sexta-Feira Santa, celebra-se a Paixão de Cristo, reta final da Semana Santa, que se encerra no Domingo de Páscoa. Já em 21 de abril, o calendário brasileiro lembra o Dia de Tiradentes, mártir da Inconfidência Mineira, numa quinta-feira.

Desde 2016, tramita no Congresso o projeto de lei 389/16 do senador Dário Berger (MDB-SC) que traz para as segundas-feiras os feriados que ocorram no meio da semana, para evitar que a folga interrompa o fluxo comercial e a rotina de trabalho e produção em indústrias, por exemplo. O projeto foi aprovado no Senado Federal e enviado para a Câmara dos Deputados, onde aguarda parecer do relator na Comissão de Cultura (CCULT).

O POVO Online

Aula inaugural de curso sobre Comunicação Não-Violenta e Justiça Restaurativa conta com presença de vice-governadora

 


A primeira aula do curso Comunicação Não-Violenta e Justiça Restaurativa, promovido pela Vice-Governadoria do Ceará, em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC) e a Prefeitura de Sobral, aconteceu na tarde desta sexta-feira (5). Com carga horária total de 20 horas, o curso é voltado para educadores e demais profissionais interessados no desenvolvimento da cultura de paz e tem como objetivo o fortalecimento dos conhecimentos teóricos e práticos acerca da área. Todas as atividades serão transmitidas pela internet, sempre às sextas, das 14h às 16h, através do canal no Youtube da Secretaria da Educação de Sobral.

O evento virtual contou com as participações da vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, da secretaria da Educação do Ceará, Eliana Estrela, além da gestora da Coordenadoria de Justiça Restaurativa e Mediação da Vice-Governadoria, Cristiane Holanda. Para a abertura oficial do curso, a palestra ficou por conta da dupla Yuri Haasz e Sandra Caselato.

Izolda Cela comemorou a frequência cada vez maior da implantação de ações voltadas para a construção de uma cultura de paz. “Uma de nossas agendas tem que ser, precisa ser, esse compromisso com a implantação de práticas de justiça restaurativa e de construção de paz. Que bom isso vem acontecendo de uma forma mais frequente. Com isso conseguimos ambientes mais saudáveis nas escolas. Ambientes de boas relações, que promovam um crescimento e um bem-estar das pessoas. Tudo isso é melhor ainda para quem trabalha”, disse.

Eliana Estrela ressaltou a importância de se ter uma grande adesão por parte de professores e demais profissionais de educação em ações como a do curso inaugurado nesta sexta. “Esse curso realmente nos convoca. Nós estamos precisando construir de forma singular essa oportunidade formativa para todos os educadores e educadoras do nosso estado, do nosso país. Esse curso vem para que possamos nos fortalecer cada vez mais”, comentou.

Capacitação

A formação dos participantes do curso Comunicação Não-Violenta e Justiça Restaurativa contará com palestrantes renomados nacionalmente e internacionalmente, estudo de casos e outras metodologias ativas. As aulas, que poderão ser consumidas em tempo real, também ficarão à disposição por até uma semana no Youtube.

Ascom – Vice-Governadoria - Texto


Deputados estaduais decidem enviar verba de emendas à saúde dos municípios e não ao Estado

 


Deputados estaduais cearenses devem priorizar, neste ano de 2021, em meio à pandemia, o envio de recursos de suas emendas ao Orçamento Estadual para os municípios combaterem os efeitos da crise de saúde. 

No ano passado, os parlamentares juntos enviaram um montante de R$ 46 milhões para que o Estado usasse na pandemia. Desta vez, a intenção é fortalecer o caixa das prefeituras.  

Cada um dos 46 deputados estaduais tem direito a indicar R$ 1 milhão para obras e serviços a serem executados pelo Executivo Estadual por meio do Programa de Cooperação Federativa (PCF). 

DN Online

Ministério Público fará reunião emergencial com prefeitos e fornecedores de oxigênio nesta segunda, 8, sobre risco de desabastecimento

 


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) fará reunião emergencial hoje (8) com gestores municipais, representantes da Procuradoria Geral de Justiça e de empresas fornecedoras de oxigênio sobre o fornecimento do insumo. Segundo o promotor de Justiça Eneas Romero de Vasconcelos, titular do Centro de Apoio Operacional da Cidadania (CAOCidadania), os municípios devem ampliar a capacidade de armazenamento para dar conta da demanda dos pacientes.

O órgão já havia recomendando, nessa sexta-feira, 5, a adoção de medidas necessárias para a garantia de abastecimento de oxigênio nas unidades de saúde de 34 municípios cearenses.

Conforme Romero, em janeiro, o MP requisitou informações à Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), à Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e à principal empresa fornecedora de oxigênio do nordeste, a White Martins. "Os três responderam que tinham capacidade de responder à produção. Há cerca de duas semanas, verificamos que começou a ter problema em alguns municípios que não se prepararam", disse.

Ele detalha que muitos municípios são preparados para uma demanda pequena de oxigênio, incompatível com a situação atual. Segundo o promotor, a solução adequada é cada município ampliar a capacidade de armazenamento e controle de estoque.

"Viemos fazendo recomendações para que os municípios se organizem. Infelizmente, alguns não fizeram. Não é uma situação nova. Ano passado a gente podia dizer que não havia previsibilidade. Já vimos a situação de Manaus em janeiro. Eles têm o dever de se preparar", frisa.

"Por exemplo, se um município tem três balões que eram consumidos em dez dias e agora consome em dois dias, tem que ampliar a quantidade de balões. Não tem como ficar enviando. Precisam de soluções melhores, como tanques de oxigênio líquido que aguenta mais dias. E ampliar leques de opções de fornecedores", acrescenta.

O MP já havia pedido a garantia de estoque de oxigênio para no mínimo dez dias de consumo. Além disso, foi solicitado que sejam providenciados outros insumos, inclusive kits de sedação e intubação, e equipamentos necessários para atendimento, internação e assistência à saúde de pacientes com Covid-19. O órgão também recomendou que seja elaborado plano de contingência em caso de escassez de oxigênio e insumos, tendo em vista o crescimento da demanda.

Foram expedidas recomendações nos municípios de Banabuiú, Boa Viagem, Camocim, Campos Sales, Caririaçu, Cascavel, Caucaia, Choró, Crato, Eusébio, Fortaleza, Granjeiro, Guaramiranga, Ibaretama, Ibicuitinga, Iguatu, Itaitinga, Itapajé, Itapipoca, Jardim, Jati, Juazeiro do Norte, Madalena, Orós, Porteiras, Penaforte, Quixadá, Quixeramobim, Quiterianópolis, Santana do Acaraú, São Luis do Curu, Sobral, Tamboril e Umirim.

O POVO Online

Governadores ampliam mobilização e trabalham pacto nacional no combate à pandemia

 


Os governadores intensificam as ações para viabilizar a compra de vacinas contra à Covid-19 e trabalham a unificação de medidas mais restritivas para impedir o avanço da pandemia. A formação de um pacto nacional une, os Governadores do Distrito Federal e de 21 estados Ceará, Piauí, Paraíba, Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, São Paulo, Pará, Distrito Federal, Alagoas, Minas Gerais, Sergipe, Goiás, Maranhão, Amazonas, Paraná, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Apenas cinco Chefes de Executivos Estaduais – Acre, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima e Tocantis, não se manifestaram, até a noite desse domingo, sobre a ideia de um pacto nacional.

O vácuo deixado pelo presidente Jair Bolsonaro na coordenação de um movimento nacional para enfrentamento da pandemia abriu espaços para as articulações dos governadores. Bolsonaro foi levado ao isolamento até mesmo pela oposição que faz a ações adotadas pelos Estados e Municípios para conter avanço da doença.

O número elevado de pessoas infectadas pela Covid, a superlotação dos hospitais e a demora do Ministério da Saúde em agir para compra de vacinas, além da oposição de setores da administração federal às medidas de restrições impostas pelos estados e municípios, empurraram governadores e prefeitos para uma corrida contra o tempo na luta pela importação de vacinas.

As negociações feitas pelos prefeitos e governadores com laboratórios responsáveis pela produção dos imunizantes ganharam mais força nesta última semana. O Fórum dos Governadores dos 9 Estados do Nordeste já acertou a compra de 25 milhões de doses de vacinas, enquanto quase 2.000 prefeitos oficializam, nos próximos dias, a formação do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, que é liderado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

Gasolina sobe de novo e já flerta com marca de R$ 6 no Ceará; veja preços

 


Continua em plena escalada o preço da gasolina. No Ceará, conforme aponta o último levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), realizado entre 28 de fevereiro e 6 de março, a máxima do litro chegou a R$ 5,749, ou seja, praticamente R$ 5,75. Este valor foi encontrado no município do Crato.

Considerando que, na semana anterior, o patamar mais alto verificado na pesquisa da ANP havia sido de R$ 5,53, houve um salto de 21 centavos no preço máximo praticado.

Humorista de 'A Praça é Nossa', Kleber Lopes morre de Covid-19

 


Conhecido por interpretar Rick Marcos no programa "A Praça É Nossa", o ator Kleber Lopes morreu neste domingo (7), aos 39 anos, em decorrência de uma parada cardíaca causada por complicações da Covid-19. 

Segundo comunicado oficial divulgado pelo SBT, ele estava internado desde o último sábado (6), no Hospital Municipal de Urgência, em Guarulhos (SP). 

A notícia foi lamentada nas redes sociais por amigos e colegas de profissão, como Mamma Bruscheta e Andréa Nóbrega. 
"Meu amigo Kleber Lopes, da 'A Praça é Nossa', nos deixou cedo demais. Covid fez mais uma vítima. A saudade do seu talento e da sua alegria será eterna", escreveu ela no Instagram.

Parceira de cena do ator no humorístico do SBT, Andréa publicou um vídeo de uma das cenas da dupla e se despediu do amigo.

"O Kleber, foi mais uma vítima da covid-19. Mais um colega de trabalho que se foi por conta desse vírus cruel. Ele era o meu Gigi na 'Praça' e nos divertíamos muito, tanto nas gravações quanto nos bastidores... Descanse em paz, meu querido. E meus sentimentos a toda a família", disse ela, que aproveitou a ocasião para alertar seus seguidores sobre a gravidade da doença.

De acordo com o colunista Fefito, do portal UOL, o artista estava com 80% dos pulmões comprometidos.

Integrante do programa infantil 'Turma da Alegria' e apresentador da atração "Humor Sem Tamanho", com Priscila Menucci, na Infinite Play Radio, Kleber recebeu homenagem dos colegas nas redes sociais.


VÁRZEA ALEGRE: FURTO A ESTABELECIMENTO COMERCIAL MEDIANTE ARROMBAMENTO



Na manhã de ontem (07/03/2021), por volta das 09h25min, a Policia Militar foi procurada pessoalmente por um senhor que passou a relatar que por volta das 09h00, ao passar pela Av. Vicente Alves Costa, bairro Zezinho Costa, zona urbana desta cidade, ao visualizar o prédio onde funciona a sua carpintaria, notou que a janela frontal se encontrava aberta, o denunciante ao adentrar a prédio observou também que a porta dos fundos se encontrava arrombada, vindo a procurar a Policia Militar. A composição da policial militar compareceu ao local, constatando a veracidade das informações, sendo que os meliantes provavelmente entraram pelos fundos da residência, onde fica a serraria e arrombaram a parte da frente onde fica o maquinaria, de onde foi subtraído o seguinte maquinário, sendo;

- 01 (Uma) SERRA CIRCULAR;

- 02 (Duas) FURADEIRA BOSCH;

- 01 (Uma) MAQUITA BOSCH;

- 200 (Duzentos) METROS DE EXTENSÃO ELETRICA.

De posse das informações, a composição passou a diligenciar no intuito localizar, identificar e prender o(s) autor(es) deste delito, contudo, até o presente momento nenhum suspeito foi encontrado. Vale ressaltar que nas proximidades do local, não existem câmeras de segurança, que poderiam auxiliar a Policia Civil nas investigações. Informa-se ainda que as informações serão repassadas para o Delegado Municipal para que possam ser tomadas as medidas cabíveis, bem como a vítima foi orientada a procurar a Delegacia Municipal, no primeiro dia útil e registrar um Boletim de Ocorrência.

JUCÁS: LESÃO CORPORAL DOLOSA



Ontem dia 07/03/2021, por volta das 21h30min, a Polícia Militar da cidade de Jucás foi informada por um funcionário do hospital local, que havia dado entrada um homem com um corte profundo na face do lado esquerdo causado por um por pedaço de garrafa de vidro. A composição policial militar manteve contato com a vítima, o qual relatou que por volta das 20h15min, estava na Barragem, situada próximo ao Bairro Centro, Jucás, bebendo na companhia de um homem, quando houve um desentendimento entre as partes gerando uma briga resultando na lesão corporal.  Após o fato o acusado fugiu tomando rumo ignorado. A Polícia Militar realiza diligências com o intuito de localizar e prender o infrator. 

Ventania volta a destruir bananal em Iguatu

 


O drama de produtores de banana nas várzeas do Rio Jaguaribe, na cidade de Iguatu, na região Centro-Sul do Ceará, volta a se repetir, com prejuízos elevados para o setor. A causa é a mesma e ocorre quase todos os anos: forte ventania, que derruba os pés e destrói os frutos. Este fim de semana foi dedicado ao cálculo de perdas e arranquios de pés e cachos caídos.

Iguatu é um dos maiores produtores de banana do Ceará das espécies nanica (casca verde) e pacovan (prata). Tem cerca de 700 hectares cultivados. Desse total, 300ha são da variedade pacovan. A metade, segundo a secretária de Desenvolvimento Agrário de Iguatu, foi atingida pela ventania e a queda da plantação chegou a 60% da área afetada, ou seja, 90ha.  

A pasta vai concluir o prejuízo total na manhã desta segunda-feira (8), após trabalho de campo, mas estima perdas em torno de R$ 6 milhões. O secretário de Desenvolvimento Agrário, Venâncio Vieira, frisou que o problema é “uma tragédia anunciada que atinge desde 2010 a variedade pacovan que tem porte alto, que atinge até seis metros, caule fino, e torna-se frágil sem suportar ventos fortes”. 

O milheiro da pacovan é vendido atualmente por R$ 265,00. “Quando um pé é destruído aquela área passa mais de um ano para produzir novamente”, ponderou Venâncio Vieira. “O prejuízo não é só o que se perde de imediato, mas a queda total de um ciclo de safra, perdas futuras”.

O produtor Francisco Pereira de Macedo, na localidade de Barro Alto, zona rural de Iguatu, perdeu quatro hectares de um total de seis cultivados em uma das áreas atingidas pelo vendaval.

Francisco Gomes também sofreu prejuízo. “Estava com um hectare em bom desenvolvimento, mas mais da metade caiu e não se aproveita mais”, disse. “A gente insiste nessa variedade porque tem mercado favorável e bom preço”.

O secretário Venâncio Vieira lamenta a resistência dos produtores em mudar de variedade. “As bananas prata rio, catarina e apodi têm pês mais fortes, porte baixo e caule grosso, que suporta o vento”, ponderou. “A gente orienta, sugere a mudança, mas muitos não aceitam”.  

O produtor Carlos Vieira Palácio disse que sabe do risco, e por isso optou por outra variedade mais resistente e até agora não sofreu com ventania. “Só planto casca verde e prata apodi e o vento nunca derrubou nenhum pé”, contou. “Não quero saber de pacovan de jeito nenhum”.

Ventanias
Os ventos fortes sobre as áreas de cultivo de banana começaram a ser registrados a partir de 2013. Anteriormente, pouco se falava sobre o problema. De lá para cá, o fenômeno vem se repetindo praticamente a cada ano, mas é mais comum ocorrer na segunda quinzena de dezembro.

“Neste ano, foi uma surpresa”, pontua Venâncio. Sobre alternativa de proteção ao plantio da fruta, ele explicou que a barreira natural ou artificial – plantação de árvores, por exemplo, para tentar evitar a passagem do vento nas áreas produtivas “não é viável porque as faixas de terra de cultivo da fruta são estreitas e quando o vento penetra sai derrubando os pés em efeito dominó”.

Dificuldades relacionadas com o preço do produto e prejuízos com ventania fizeram com que pelo menos 20% dos fruticultores desistissem da atividade ou reduzissem a área de cultivo.

Um deles foi o produtor Armando Souza, que cultivava mais de cinco hectares da variedade pacovan.

Prejuízos
Em 2013, cerca de 50 hectares de banana foi atingido por uma ventania, causando prejuízo de R$ 1 milhão. Em dezembro de 2014, um vendaval afetou 285 hectares e 120 produtores, causando uma perda de R$ 7 milhões.

No ano seguinte, o fenômeno se repetiu, destruindo 200 hectares e deixando um prejuízo total de R$ 5 milhões. No mês de dezembro de 2017, fortes ventos causaram a destruição da plantação e deixaram perdas de R$ 2 milhões para cerca de 100 fruticultores.

No ano de 2018, cerca de 100 hectares foram afetados, na localidade de Maurícia, e o prejuízo estimado foi de R$ 2,1 milhões. Dezembro de 2019, marcou mais uma vez o fenômeno que destruiu plantio de bananas da variedade pacovan nas várzeas do Rio Jaguaribe, nos municípios de Iguatu e Cariús. O prejuízo foi estimado em cerca de R$ 2 milhões.

Diário do Nordeste

sábado, 6 de março de 2021

Thiago Cosmo, o influenciador que está se destacando no cenário nacional pela internet



 Natural de Iguatu, região centro-sul do estado do Ceará, foi aí que o influenciador Thiago Cosmo começou a sua trajetória de sucesso, sendo destaque em diversos veículos de comunicação daquela região, onde também chegou a se tornar colunista social do antigo jornal que hoje é rádio Tribuna de Iguatu, retratando o melhor da vida social, festas e eventos da cidade região.

Em casa, Thiago mostra o melhor que sua cidade tem a oferecer, com mais de 100 mil habitantes, Iguatu é considerada a capital do centro sul, interior do Ceará, terra natal de grandes nomes que compõe sua história como os músicos: Eleazar de Carvalho, Humberto Teixeira, Evaldo Gouveia.

Em seus stories, na rede social Instagram, é destacado além do amor diante das suas origens,  os pontos turísticos da cidade exemplo destaque na foto Ponte Demócrito Rocha ,mas também onde viveu a sua infância, Sítio Cardoso I.

Digital Influencer

Apesar de já ter alcançado notoriedade na sua região através da imprensa, Thiago começou a despontar para todo o Brasil em 2017, por meio das redes sociais, onde começou a postar conteúdo relacionado ao seu lifestyle, assim como vídeos bem humorados. Após esse momento, alcançou notoriedade também fora do Ceará, além de atrair muitos seguidores e olhares de outros veículos de comunicação, tendo vídeos repercutidos por programas de TV nacional.

Influenciador na pandemia

Em 2020, em meio à pandemia do novo coronavírus, Thiago Cosmo seguiu crescendo em relevância na internet, principalmente entre aqueles que buscavam entretenimento durante a quarentena. Neste período, recebeu o convite para a apresentação de diversas transmissões ao vivo na internet (lives), uma delas, a primeira live Plus Size do Brasil.

Saiba mais sobre o influenciador: https://instagram.com/thiagocosmoof/

Fonte: www.em.com.br

Foto: Arquivo Pessoal

Prefeito do Crato (CE) anuncia adesão de Brejo Santo, Icó e Iguatu ao comitê interprefeitural de controle pandêmico

 


O prefeito de Crato, Zé Ailton Brasil, informou à reportagem do Site Miséria, na tarde de ontem (5), que as prefeitas de Brejo Santo, Gislaine Landim, e Icó, Laís Nunes estarão, juntamente com o prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, na reunião do comitê interprefeitural de controle pandêmico, que visa combater o aumento do número de casos e superlotação de unidades de terapia intensiva (UTI). 

O prefeito reafirma que é necessária a colaboração conjunta dos municípios da região, e que a decisão de criar o comitê foi coletiva. Segundo ele, os novos mandatários estarão na reunião marcada para a próxima segunda-feira. A partir dela, novas medidas serão acordadas e anunciadas à população.

Miséria

"Não haverá lockdown", afirma prefeito de Iguatu sobre medidas mais rígidas

 


O município de Iguatu, localizado a 361,4 km quilômetros de Fortaleza, não deve adotar medidas de isolamento social mais rígidas nesta semana. De acordo com o prefeito da cidade, Ednaldo Lavor (PSD), em transmissão realizada por meio de suas redes sociais, não há previsão de que o município siga o exemplo de Fortaleza e entre em lockdown.

Segundo o gestor, logo após a recomendação feita pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT), de que munícipios com alta de casos da Covid-19 adotassem medidas mais rígidas foi realizada uma reunião entre prefeitura e especialistas. Foram discutidas na ocasião medidas de segurança e de prevenção que poderiam ser adotadas para combater o avanço do vírus.

"Continuo acreditando que o essencial para gerir um município como Iguatu é o diálogo, e é isso que estamos fazendo. Continuaremos trabalhando incansavelmente na luta contra o coronavírus. Em breve trarei novas notícias sobre as medidas que adotaremos, mas desde já adianto que, em Iguatu, nesse momento, por parte da gestão municipal, não haverá lockdown”, destacou o gestor.

De acordo com dados colhidos até às 15h03min desta sexta-feira, 5, pela Secretaria da Saúde (Sesa) e divulgados na plataforma IntegraSUS, o município tem 80% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados por pacientes com Covid-19. Em relação às enfermarias, o índice é de 63,46%.

O POVO Online

Aposentados e pensionistas receberão 13º de forma antecipada, segundo ministro da economia

 


Pelo segundo ano consecutivo, os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) receberão o décimo terceiro salário de forma antecipada, disse há pouco o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo o ministro, a medida só vai ocorrer depois da aprovação do Orçamento Geral da União deste ano.

“O abono salarial já foi antecipado. Agora, assim que aprovar o orçamento, vai ser antecipado o décimo terceiro justamente dos mais frágeis, dos mais idosos, como fizemos da outra vez”, disse o ministro.

No ano passado, os beneficiários do INSS tiveram o décimo terceiro antecipado para abril como medida de ajuda à população mais afetada pela pandemia de covid-19.

O ministro deu a declaração após reunião com o deputado Daniel Freitas (PSL-SC), relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) Emergencial na Câmara dos Deputados. Aprovado ontem (5) em segundo turno pelo Senado, o texto foi encaminhado para a Câmara, onde deve ser votado na próxima semana.

Guedes também anunciou que pretende reeditar o programa de suspensão de contratos e de redução de jornada (com redução proporcional de salários) que vigorou no ano passado.

“O BEm, que é o programa de preservação de empregos, já estão sendo disparadas as novas bases. Então, tem mais coisa vindo por aí”, acrescentou Guedes.

Chamado de Benefício Emergencial (BEm), o programa prevê que o trabalhador com contrato suspenso ou jornada reduzida receba a parcela do seguro-desemprego a que teria direito se fosse demitido em troca do corte no salário. Em troca, o empregador não pode demitir o trabalhador após o fim da ajuda pelo tempo em que o trabalhador recebeu o BEm.

(*) Com informações da Agência Brasil

Prefeitura realiza webinários na Semana da Mulher de Cedro

 


seminário online em vídeo acontece de 8 a 12 em suas redes sociais. Entre os temas em debate estarão a Lei Maria da Penha, questões de saúde mental, empreendedorismo e finanças no cotidiano das mulheres, além de denúncias nesse período de pandemia.  

  

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, será marcado por webinários (seminário virtual) que apresentarão temas do maior interesse delas. Promovida pela Secretaria do Trabalho e Assistência Social, a Semana da Mulher de Cedro terá preleções de vários profissionais (psicólogos, nutricionista, advogado, delegado), de representantes do Centro de Educação Profissional Ivens Dias Branco (Senac) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).   

  

A abertura do evento terá as presenças da vice-prefeita Ana Nilma, da Secretária do Trabalho e Assistência Social Luciana Vieira e da primeira-dama do município, Cláudia Dionízio. O mediador será o Assessor de Imprensa da Prefeitura, Marciel Bezerra.  

   

O prefeito Joãozinho de Titico ressalta a importância dos webinários na Semana da Mulher, especialmente agora, com o agravamento da pandemia. “O momento requer muita atenção e trabalho da nossa parte. Em meio a esses cuidados, não podemos esquecer saudar a mulher cedrense”. O prefeito explica que o objetivo do encontro online é fomentar conquistas, destacar os avanços e desafios das políticas públicas em favor delas. “É um direito inalienável”, destaca.   

  

A programação da Semana da Mulher de Cedro apresentará lives nas redes sociais da Prefeitura, entre os dias 8 e 12 de março. Confira dia, horário, temas e participações.  

   

Segunda - 08/03, de 12h30 a 13h30   

TemaMulheres e Direitos - Como anda a efetivação da Lei Maria da Penha?   

Convidados: Dr. Caio Tomazini - Delegado da Polícia Civil de Cedro CE, Dr. Luiz Gonzaga - Advogado do CREAS.   

Participações: Luciana Vieira - Secretária do Trabalho e Assistência Social, Ana Nilma -  vice-prefeita e Cláudia Dionísio, primeira dama do Município.  

Objetivo: Discutir sobre os números de denúncias durante a Pandemia e como garantir que esta demanda não se torne invisível.   

   

Terça- 09/03, de 12h30 a 13h30   

TemaSaúde preventiva e reprodutiva - questões hormonais da Mulher   

Convidados: Dra. Carolaine Torquato – Nutricionista.  

Objetivo: Apresentar como a condição de vida da mulher, atrelada ao desenvolvimento biológico natural, influencia diretamente no seu processo de saúde/doença.   

    

Quarta - 10/03 de 12h30 a 13h30   

Tema: Saúde Mental em Tempos de Pandemia   

Convidadas: Dra. Aryele Lima - Psicóloga, Mayara sobrenome - Psicóloga e Thaynara Oliveira - Psicóloga do CRAS II e Presidenta do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cedrense.   

   

Objetivo: Discutir como a saúde mental e seu adoecimento estão diretamente ligados à ausência do autocuidado, da necessidade de fortalecer o autorrespeito e o autoacolhimento.   

   

Quinta - 11/03 de 12h30 a 13h30   

Tema: É possível crescer financeiramente em tempos de crise?   

Convidadas: Representantes do SENAC, do SEBRAE, da secretária Luciana Vieira - idealizadora da Feira local de Empreendedorismo.  

Objetivo: Apresentar alternativas e possibilidades de criar atividades rentáveis, mesmo em tempos de crise.  

Desafio motivacional: depoimentos de usuários que participaram dos cursos do SENAC/SEBRAE ou que, com habilidade própria, investiram e tem dado certo.   

   

Sexta - 12/03 de 12h30 a 13h30   

Tema: Oficina de Autocuidado   

Convidado: Profissional da Estética e Beleza - SENAC   

Objetivo: Dicas de beleza, autocuidado como estímulo para a autoestima.   

Encerramento: Depoimentos de mulheres integrantes do grupo de zumba local, que após fortalecerem-se nos grupos de convivência da Assistência Social, encontraram na dança, nas atividades físicas, uma alternativa de satisfação e de empoderamento.  

   

Saiba mais em:    

www.cedro.ce.gov.br   

https://www.facebook.com/prefeituradecedroce/   

https://www.instagram.com/prefeituradecedroce/   



Marciel Bezerra
Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Cedro