Novembro de 2020 foi o mais quente de todos os tempos ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA TRIBUNA SHOW

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Novembro de 2020 foi o mais quente de todos os tempos



O mundo acabou de passar pelo novembro mais quente já registrado, enquanto a Europa teve o outono com temperaturas mais altas, segundo um relatório do Serviço de Mudança Climática do Copernicus, da União Europeia.

As temperaturas foram mais elevadas em regiões ao norte da Europa, Sibéria e Oceano Ártico, onde o gelo do mar ficou no segundo nível mais baixo da história para o mês de novembro.

Os Estados Unidos, a América do Sul, a África do Sul, o planalto do Tibete, o leste da Antártica e a maior parte da Austrália também registraram temperaturas muito acima da média.

Em todo o planeta, novembro ficou quase 0,8ºC acima da média para os anos de 1981 a 2010, e 0,1ºC mais quente que 2019. E esse calor incomum surgiu mesmo com o efeito de esfriamento do fenômeno La Niña.

Cenário perturbador

Dados do Serviço de Mudança Climática do Copernicus mostram que 2020 pode ser o ano mais quente já registrado. Ele está no mesmo nível de 2016, o mais quente até agora, e provavelmente vai igualar o recorde ou excedê-lo levemente, a menos que haja uma queda em dezembro.

O relatório climático anual da Organização Mundial de Meteorologia (WMO, em inglês), divulgado na semana passada, mostrou que 2020 estava a caminho de ser um dos três anos mais quentes da história, atrás apenas de 2016 e 2019.

A WMO informou que a média global de temperatura foi de cerca de 1,2ºC acima dos níveis pré-industriais. Deve-se evitar que as temperaturas globais subam acima de 1,5ºC para que grandes impactos no clima sejam contidos, segundo o Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática da Organização das Nações Unidas (ONU).

Apesar de os dados de dezembro serem decisivos, é quase certo que 2020 será o ano mais quente para a Europa, indicam relatórios do Copernicus. O período de janeiro a novembro foi 0,5ºC mais quente do que o mesmo período de 2019, e ao menos 0,4ºC mais quente do que o mesmo período de qualquer outro ano.

Em setembro, outubro e novembro, a temperatura média na Europa foi 1,9ºC acima da média de 1981 a 2010 e 0,4ºC acima da média de 2006, outono (no hemisfério norte) mais quente até então. A maior parte da Europa viu um calor acima da média, com temperaturas subindo mais nas regiões ao norte e leste do continente.

No Ártico e nas áreas ao norte da Sibéria, as temperaturas têm ficado acima da média para todo o ano de 2020. A cobertura do gelo marinho está particularmente baixa desde o início do verão.

Repórter Ceará com CNN Brasil (Foto: Thiago Gomes)

0 comentários:

Postar um comentário