Ceará é o 1º colocado nas séries finais do ensino fundamental no Brasil, confirma estudo do Ipece ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA A NOTICIA DO CEARÁ

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Ceará é o 1º colocado nas séries finais do ensino fundamental no Brasil, confirma estudo do Ipece



Nos anos iniciais do ensino fundamental da rede pública (1º ao 5º ano), o Ceará ocupa a 3ª colocação e nos anos finais (6º ao 9º ano) é o estado com maior nota, junto com São Paulo. Além disso, o Ceará é o primeiro do ranking no Brasil entre as 100 escolas melhores ranqueadas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para o ensino fundamental da rede pública, conforme estudo do Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos Anísio Teixeira (Inep). A edição do Ideb de 2019 mostra que a educação pública cearense contínua evoluindo na nota frente aos demais Estados. O Ceará tem o maior número de municípios que, no anopassado, atingiu as metas projetadas: 98,9% nos anos iniciais e 83,7% nos anos finais do ensino fundamental.

Ceará, que ocupava a 18ª colocação para os anos iniciais do ensino fundamental da rede pública entre todos os estados, em 2005, com uma nota média do Ideb equivalente a 2,8, passa a ocupar o 3º lugar em 2019, atingindo um índice de 6,3. Desse modo, o Estado registra a maior evolução no período, possuindo uma taxa de crescimento relativo do indicador da ordem de 125%. A meta projetada do Ideb nos anos iniciais do ensino fundamental para o Ceará neste ano foi de 4,8 e em 2021 tem-se uma meta projetada de 5,1. Os números estão Ipece/Informe (nº 184 /novembro/2020) – Evolução do Ceará no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb): uma análise para o ensino fundamental publicado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece).

Já nos anos finais (6º ao 9º ano) do ensino fundamental na rede pública de ensino, a evolução do Ceará também apresenta resultados expressivos. O Estado saiu da terceira posição, que ocupava em 2017, para o primeiro lugar em 2019, dividindo essa posição com São Paulo. O Ceará apresenta uma taxa de crescimento, relativo no período de 2005 a 2019, de 85,7%, ou seja, saiu da 17ª posição para a maior nota alcançada entre os estados brasileiros. O trabalho revela ainda que das 1.025 escolas que tiveram seus Idebs divulgados em 2005, 96,9% tinham notas iguais ou inferiores a 3,9. E apenas 0,2% com notas superiores a 5,0, isto é, duas escolas. Em 2019, o número de escolas passa para 2.012 e, houve também uma melhora significativa das notas alcançadas por essas escolas: 59,2% atingiram notas iguais ou superiores a 5,0, sendo que 14,7% tiveram notas iguais ou superiores a 6,0.

O analista de Políticas Públicas do Ipece Cleyber Nascimento de Medeiros, um dos autores do estudo, juntamente com a assessora Técnica Luciana de Oliveira Rodrigues, chama atenção para o fato do Ceará ser o primeiro Estado do Brasil com maior número de escolas entre as 100 melhores: são, ao todo, 79. Em seguida vem Alagoas (15 escolas), Paraná (6), São Paulo (4) Santa Catarina (3), Piauí (2) e Pernambuco (1 escola). “Merece destaque, ainda, que a primeira colocada, a escola Maria do Carmo Cardoso EEF, localizada no município de Independência, alcançou o maior Ideb do país (9,8). Além disso, das 10 escolas com maiores índices nos anos iniciais do ensino fundamental da rede pública no Brasil, nove são cearenses. Quando o recorte é para as 50 primeiras escolas, 42 são cearenses”.

Ainda no âmbito do Estado, merecem destaques os municípios de Sobral (12 escolas), Cruz (10), Quixeramobim (8), Itatira (5), Granja (4) Pedra Branca (4), Forquilha (3), Independência (3), Milhã (3), Ararendá (2), Barroquinha (2), Deputado Irapuan Pinheiro (2), Ipaporanga (2), Jijoca de Jericoacoara (2), Novo Oriente (2), Pires Ferreira (2), Tamboril (2); e com uma escola, os municípios de Brejo Santo, Catunda, Crateús, Ibiapina, Martinópole, Mucambo, Pentecoste, Reriutaba, Ubajara, Uruoca e Varjota.

Luciana Rodrigues observa que, classificando as escolas que ocupam as 100 primeiras colocações no país quanto ao Ideb nos anos finais do ensino fundamental, o Ceará, mais uma vez, é destaque com um total de 60 dentre as melhores colocadas. Em seguida, estão Pernambuco (10), Alagoas (8 escolas), São Paulo (6), Minas Gerais (5), Goiás (4), Piauí (4), Santa Catarina (4), Rio Grande do Sul (3), Mato Grosso (2), Paraná (2), e com 1 escola cada: Bahia, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e Roraima.

A primeira colocada no país também é cearense, a escola Nossa Senhora Aparecida EEF, localizada Granja, alcançando, com Ideb de 8,7. As demais escolas estão em Sobral (9 escolas), Quixeramobim (8), Cruz (7), Novo Oriente (5), Pires Ferreira (4), Pedra Branca (4), Milhã (3), Jijoca de Jericoacoara (2) Granja (2), Brejo Santo (2), Uruoca (1), Campos Sales (1), Horizonte (1), Independência (1) Ipaporanga (1), Juazeiro do Norte (1), Martinópole (1), Mombaça (1) Mucambo (1) Russas (1) Senador Pompeu (1) e Fortaleza (1).

0 comentários:

Postar um comentário