235 milhões de pessoas irão precisar de assistência humanitária, diz previsão da ONU

Você deve ler

Foto: Leonardo de França, retirada do portal Brasil de Fato


Em um relatório produzido pela Organização das Nações Unidas (ONU), uma média de 235 milhões de pessoas irão precisar de assistência humanitária e proteção em 2021. O documento será apresentado a Coordenação de Assuntos Humanitários (Ocha, siglas em inglês).

O relatório anual prevê um aumento de 40% de vulnerabilidade social em relação a 2020, resultando em 736 milhões de pessoas em situação de extrema pobreza, com menos de 1,60 euro por dia. O documento inclui previsões sobre 56 países que poderão ser afetados com mais intensidade, entre eles: Moçambique, Colômbia, Venezuela, Ucrânia, Afeganistão, Iémen e Síria.

Alguns dos fatores que impactaram de forma negativa a população mais carente estão o aumento dos preços dos alimentos, a quebra de rendimentos, interrupção de programas de vacinação, o fechamento de escolas, desalojamento e a violência. Além, é claro, da pandemia do novo coronavírus, que pode ter provocado 495 milhões de demissões só no segundo trimestre de 2020.

Mark Lowcock, coordenador do Plano de Resposta Humanitário Global da Covid-19 (GHRP, sigla em inglês), trata-se de uma escolha entre juntar forças para ajudar todos os países e pessoas em necessidade ou deixar que 40 anos de progresso sejam revertidos.

Por: ANC.

spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário!
Nome

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
spot_img
spot_img
PUBLICIDADES
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Novo site da Rádio tribuna de Iguatu

Ouça Nossa Rádio No Rádios Net

Anuncie a sua Empresa Aqui

Anuncie a sua empresa Aqui

Baixe Nosso APP No Play Store

Arquivos do Site

Postagens Relacionadas

spot_img