Trio suspeito de tráfico de drogas é preso em rodoviária de Canindé ~ TribunaIguatu.com

PROGRAMA TRIBUNA SHOW

Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Trio suspeito de tráfico de drogas é preso em rodoviária de Canindé



Um esquema de transporte de drogas entre municípios cearenses foi flagrado pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), nessa quarta-feira, 25. No total, três pessoas foram presas em flagrante na cidade de Canindé, no Sertão Central. O repasse dos entorpecentes ocorria na rodoviária do município. Uma arma de fogo, drogas, celulares e rádios comunicadores foram apreendidos durante a ofensiva.

Os policiais militares chegaram aos envolvidos após informações que um indivíduo traria entorpecentes até a cidade. Por meio de diligências, os PMs identificaram dois suspeitos sentados à mesa de uma churrascaria situada próxima à rodoviária. Algum tempo depois, Matheus Filismino Moura, 21 anos, desembarcou de um coletivo e encontrou a dupla. Durante o ato, ele entregou uma sacola com material suspeito aos homens.

Rapidamente, a PMCE efetuou a abordagem dos três suspeitos. Além de Matheus, os demais foram identificados como Francisco Valmendes Alves da Silva, 35 anos; e Francisco Reginaldo Ferreira da Silva, 34 anos, que já responde por estupro e dano. Na sacola, foram encontrados 57 papelotes de cocaína, 39 trouxinhas e 31 pedras de crack. Com as capturas, os policiais seguiram até as residências dos indivíduos, na localidade de Targinos, zona rural de Canindé. Lá, foram encontrados dois rádios portáteis, uma garrucha artesanal com cano de espingarda calibre 32 e duas munições. Matheus alegou para os policiais que a arma de fogo era de sua propriedade e a mantinha para se proteger.

Diante disso, o trio foi encaminhado à Delegacia Metropolitana de Canindé, onde todos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Matheus foi autuado também por posse irregular de arma de fogo. A Polícia Civil apura se outras pessoas estão envolvidas no crime.

Repórter Ceará – SSPDS.

0 comentários:

Postar um comentário