Trabalho em conjunto Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, colocaram fim em um mistério que durava 11 dias. ~ TribunaIguatu.com
Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Trabalho em conjunto Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, colocaram fim em um mistério que durava 11 dias.



Corpo de um homem que estava desaparecido na Região de Caipu, estava enterrado no meio da mata, lugar de difícil acesso, o nome do homem é Obedes Soares o (Jhou), que depois de ser assassinado a tiros de arma de fogo pelo próprio patrão, em uma residência no Sítio Gonçalo Alves, foi levado até uma mata distante de tudo, e jogado em uma grota funda, depois soterrado por uma grande quantidade de terra e galhos de árvore, um trator foi usado na ação.

Para conseguir desenterrar o corpo, os profissionais da Polícia Cívil de Jucás, Polícia Militar de Cariús e Bombeiros de Iguatu, tiveram muita dificuldade e um árduo trabalho, vale ressaltar que os trabalhos no local começaram por volta das 16 horas, e o corpo só foi retirado as 21 e 30, também com a ajuda de um trator, (o mesmo usado para enterrar).

O principal suspeito de matar e ocultar o cadáver de Jhou, está foragido, segundo informa da Polícia Civil ele teve ajuda na ocultação, e foi exatamente esse acusado de participação no crime, que apontou o local onde a vítima estava enterrado.

O Corpo já em avançado estado de decomposição, foi levado pelo rabecão para o Instituto médico legal (IML) de Iguatu.

0 comentários:

Postar um comentário