Outubro 2020 ~ TribunaIguatu.com
Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

sábado, 31 de outubro de 2020

Várzea Alegre Prefeitura divulga calendário de agendamento para emissão e 2ª via da Identidade no mês de novembro


 

A prefeitura de Várzea Alegre divulgou nesta quinta-feira, 29, o calendário de agendamento online para a emissão e 2ª via da identidade no mês de novembro.

O procedimento ocorre no site da prefeitura a partir da 1ª semana de cada mês em parceria com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará.

Ao todo são 131 vagas disponíveis, que no próximo mês, serão agendadas no período de 03 a 09, a partir das 08h.

Confira:

03/11 – terça-feira: 25 vagas

04/11 – quarta-feira: 25 vagas

05/11 – quinta-feira: 25 vagas

06/11 – sexta-feira: 25 vagas

09/11 – segunda-feira: 31 vagas   

O agendamento ocorre totalmente online para evitar aglomerações e até o solicitante dormir no local, como ocorreu no mês passado. A ação também faz parte da medida imposta pelas autoridades da saúde em contenção ao novo coronavírus que provoca a Covid-19.

Com informações e imagem: https://varzeaalegreagora.com

Coluna "A vida e a história dos santos com Diego Saldanha



 

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Na pandemia, Ceará é o estado que mais deixou de arrecadar tributos usados para custear a educação



Se o impacto da interrupção das aulas presenciais é notório e, agora, a discussão sobre o possível retorno ganha evidência, outro ponto também requer atenção na educação: o efeito no financiamento. No Brasil a educação é custeada, sobretudo, por dinheiro de impostos e transferências vinculadas e, em um ano atípico, no qual estados e municípios deixaram de arrecadar verbas, o custeio da área é afetado. Estudo divulgado nesta quarta-feira (28) pela organização Todos Pela Educação e o Instituto Unibanco, em parceria com o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), projeta que, se comparado a 2019, entre janeiro e agosto de 2020, o Ceará é o estado que mais deixou de arrecadar impostos usados no financiamento da educação. A retração foi de 11,1%.

Na prática, devido à pandemia, 18 estados, incluindo o Ceará, tiveram queda de arrecadação de impostos e, em meio a crise sanitária, têm menos dinheiro disponível para financiar as redes da educação básica - que inclui o ensino infantil, fundamental e médio. O recuo no recolhimento das verbas é uma consequência da redução de transações e também da menor produção de bens e serviços nos estados e municípios, durante a interrupção das atividades econômicas.

Lembrado hoje, Dia Mundial do AVC serve de alerta à população



Segunda principal causa de morte no Brasil, o acidente vascular cerebral (AVC) é lembrado hoje (29), em data especial, que serve de alerta à população. O Dia Mundial do AVC chama atenção para a quantidade de pessoas que o derrame, como é mais comumente chamado, acomete e também para os efeitos incapacitantes que pode provocar, motivo por que a campanha busca incentivar a adoção de comportamentos preventivos.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, somente em 2017 foram registradas 101,1 mil mortes decorrentes da doença. Em levantamento encaminhado à Agência Brasil, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) destaca que, entre 1º de janeiro deste ano até o dia 16 de outubro, 78.649 pacientes com AVC foram a óbito. Os números se distinguem pouco da soma do ano passado, de 79.984 casos.

Desse total apurado pela entidade, 50.201 ocorreram durante os sete primeiros meses da pandemia de covid-19, patamar que se assemelha ao registrado no mesmo período em 2019, de 60.400 ocorrências. Conforme destaca a SBC, a queda de 16,8% se explica porque muitas pessoas acabaram morrendo em casa, durante a crise sanitária, o que impediu que os profissionais de saúde identificassem as verdadeiras causas de falecimento.

Os grupos entre os quais mais se confirmaram óbitos por AVC foram homens com idade entre 70 e 79 anos e mulheres com idade entre 80 e 89 anos. Em seguida, aparecem homens na faixa de 80 a 89 anos e mulheres de 70 a 79 anos, todos dados que demonstram que a idade é um fator que influencia nas chances de se desenvolver o quadro.

Como para outras doenças cardiovasculares, há fatores de risco que podem ser controlados e, portanto, reduzir a vulnerabilidade a elas, como o sedentarismo, o tabagismo e o uso abusivo de álcool. A apneia do sono, por sua vez, pode aumentar em 3,7% as chances de uma pessoa desenvolver tais enfermidades.

Complementando informações da SBC, a Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares (SBDCV) pontua que cerca de 70% das pessoas acometidas por AVC não conseguem ter condições de retomar as atividades profissionais, em decorrência das sequelas que o quadro deixa e que metade dos pacientes perde autonomia e acaba precisando de cuidadores e para realizar tarefas diárias. A SBDCV sublinha, ainda, que, embora o AVC atinja mais frequentemente indivíduos com idade acima de 60 anos, tem crescido entre jovens e pode, inclusive, afetar crianças.
Sintomas

O AVC é a formação de um déficit neurológico súbito, causado por uma falha nos vasos sanguíneos do sistema nervoso central. Pode ser dividido em dois tipos: o isquêmico e o hemorrágico. O primeiro, que responde a 85% dos casos, deriva da obstrução ou redução brusca do fluxo sanguíneo em uma artéria cerebral e desencadeia a falta de circulação no seu território vascular. Já o hemorrágico tem origem em uma ruptura espontânea de um vaso, que pode ser um aneurisma e faz com que o sangue preencha o interior do cérebro (hemorragia intracerebral), o sistema ventricular (hemorragia intraventricular) e/ou o espaço subaracnóideo (hemorragia subaracnóide).

Os principais sintomas do AVC são: fraqueza ou formigamento no rosto, braço ou perna, confusão mental, alterações na fala, compreensão, visão e equilíbrio e dor de cabeça súbita e intensa. Como o paciente pode apresentar um comprometimento do sistema neurológico, o ideal é que seja atendido o mais rápido possível.

Por: Agência Brasil.

Governo do Ceará vai enviar projeto de lei à Assembleia para tornar Auxílio Catador permanente



Neste momento, estão sendo beneficiados 1.339 recicladores ligados a 48 associações, em 41 municípios. A ideia do Estado é ampliar e atingir os 184 municípios

Criado durante a pandemia para minimizar as perdas financeiras dos catadores, o programa Auxílio Catador, do Governo do Ceará, deve se tornar uma política pública permanente, informou o governador Camilo Santana, nesta quarta-feira (28), durante solenidade de entrega dos cartões para os beneficiários da iniciativa neste primeiro momento.



“Vamos mandar para a Assembleia (Legislativa) um novo projeto de lei para transformá-lo em uma política (pública) permanente. Queremos ampliar o número de beneficiários, por isso que é importante os catadores se organizarem nas suas cooperativas e associações para que recebam esse auxílio. Queremos que os 184 municípios possam participar”, destacou o governador.

A lei aprovada pela Assembleia Legislativa no último mês de julho autoriza o pagamento emergencial de seis parcelas, até o final de 2020, correspondentes a 25% de um salário mínimo (R$ 261,25). A ideia do Estado inicialmente com o auxílio foi diminuir a perda de renda que os catadores tiveram com a pandemia do coronavírus. Este ano, estão sendo beneficiados 1.339 recicladores ligados a 48 associações, em 41 municípios.

Ao tornar a medida em algo permanente, Camilo Santana avalia que o Governo está retribuindo o serviço prestado por esses autônomos à sociedade e à natureza. “O catador, aquele que faz a coleta seletiva, que separa os resíduos que podem ser reutilizados, merece todo o nosso reconhecimento e valorização do trabalho. Esse programa vem para reconhecer a eles o seu papel e contribuição que têm dado à sociedade e ao meio ambiente”, destacou.



Titular da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Carlos Alberto Mendes, enaltece o papel dos catadores em suprir a falta de costume no manejo adequado do lixo produzido. “Você tem aí um serviço ambiental sendo prestado por homens e mulheres. Infelizmente, ainda não temos a cultura de separar os resíduos e dar uma destinação adequada, mas temos os catadores fazendo esse trabalho. Então, com o programa, ganham os catadores, ganha o meio ambiente e ganha o Estado”, refletiu.
Construção coletiva

O Ceará vem trabalhando na elaboração de políticas públicas voltadas para o meio ambiente através da participação popular em parceria com o poder público. Artur Bruno, secretário do Meio Ambiente do Ceará, ressaltou a avanço do Estado na área, principalmente no tocante à evolução de mecanismos voltados para os resíduos sólidos envolvendo toda a cadeia. “O senhor (governador) em 2016 aprovou a Lei Estadual da Política dos Resíduos Sólidos e apresentou o Plano Estadual dos Resíduos Sólidos. Depois, nós elaboramos 14 planos regionais dos resíduos sólidos. Todos os municípios do Ceará têm hoje o seu Plano de Coleta Seletiva”, disse Bruno.

“Mas faltava a participação dos catadores e nós construímos esse projeto discutindo com as associações. Está sendo concretizado um grande programa, o único do Norte e Nordeste e o segundo do Brasil. Isso é valorização do trabalho dos catadores, pagamento por serviços ambientais”, comemorou o secretário do Meio Ambiente, destacando o trabalho do Ceará na área.



Maria Lilian Teixeira, presidente da Rede dos Catadores dos Resíduos Sólidos Recicláveis do Ceará, agradeceu o Estado por incluir na formatação das políticas públicas aqueles que estão na ponta do processo. “Quero agradecer à Semace e à Sema por nos envolver nesse processo, que para nós é muito importante fazer parte dessa construção. Eu, como catadora, minha mãe e tantas outras, nunca imaginávamos chegar a um momento como esse, de um projeto virar lei. Estamos imensamente agradecidos”, declarou a representante da categoria.

Para obter mais informações, interessados podem entrar em contato com a Coordenadoria de Desenvolvimento Sustentável da Sema através do e-mail auxiliocatador@sema.ce.gov.br ou pelos telefones (85) 3108.2777.

Por: Governo do Estado do Ceará.

Gaeco deflagra Operação “Antagonista” para desarticular facção criminosa com atuação em Fortaleza, Morada Nova, Limoeiro do Norte e outros municípios do Ceará



O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio do Grupo de Combate ao Crime Organizado (GAECO), deflagrou na manhã desta quinta-feira (29) a Operação Antagonista, com o objetivo de desarticular a ação de integrantes de organização criminosa e de grupos armados na cidade de Morada Nova – CE, com ramificações em Fortaleza, Limoeiro do Norte e outros municípios do Estado.

Alvos

Os alvos são suspeitos de diversos crimes, incessantemente planejados e consumados, como tráfico de drogas, associação para o tráfico, integração e promoção de organização criminosa, entre outros. A operação conta com o apoio da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado; da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (COPOL) e da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado (SAP).

A operação visa executar 15 mandados de prisão e 15 mandados de busca e apreensão, a serem cumpridos dentro e fora do sistema penal, notadamente em Fortaleza, Morada Nova e Limoeiro do Norte. No sistema penitenciário são sete alvos. Em liberdade são 8 alvos, sendo 2 em Fortaleza, 5 em Morada Nova e 1 em Limoeiro do Norte. Os documentos foram expedidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas.

Investigação

A investigação teve início no ano de 2018, com o objetivo de desvendar as ações delituosas de grupos ligados a organizações criminosas no Município de Morada Nova, responsáveis pelo tráfico de drogas e outros crimes naquela região.

Iniciou-se a partir de objetos apreendidos em prisões em flagrante, e ampliou-se, em seguida, através de investigação de inteligência. Foi verificada a existência de uma rede formada por associações para o tráfico e organizações criminosas locais, articuladas entre si, com conexão em diversos municípios, e com vínculos com facção criminosa com forte atuação no Estado do Ceará.

Com informação do MPCE.

Ministério Público recomenda cassação de candidatos que provocarem aglomerações em campanhas



O Ministério Público do Estado (MPCE) expediu uma recomendação, nesta quarta-feira (28), para que os promotores eleitorais peçam a cassação do registro de candidatos para prefeito e vereador no Ceará que promoverem aglomerações na campanha eleitoral de forma reincidente. A cassação será enquadrada como abuso de poder econômico e político.

Segundo o procurador-geral de Justiça do MPCE, Manuel Pinheiro, promotores já tem ingressado com ações de indenização por danos morais coletivos, recomendações, termos de ajustamento de conduta e pedidos de aplicação de multas a candidatos e partidos, em caso de descumprimento das regras sanitárias.

Medida enérgica

No entanto, diz ele, o "momento crítico" que tem sido visto, com aglomerações nas campanhas eleitorais no interior, exigiram uma ação mais "enérgica" do Ministério Público para aqueles candidatos que "insistirem" em descumprir os protocolos.

"O que nós queremos é que os candidatos possam se ajustar, cumprir as regras eleitorais. Sabemos que todas as campanhas exigem essa liberdade de ação, tentar convencer os eleitores, mas no contexto que vivemos de pandemia tão grave é fundamental que os atos de campanha sejam adaptados a essa nova realidade".

Segundo o PGJ, essa recomendação vai valer para ações que já ocorreram e que forem registradas daqui pra frente. Manuel Pinheiro disse que já existem casos sendo analisados pelos promotores e um modelo de ação com pedido de cassação será enviado agora para eles.

Manuel Pinheiro afirmou que já existem ações em mais de 60 municípios cearenses por descumprimento às regras sanitárias.

Desequilíbrio

Segundo o coordenador do Centro de Apoio Operacional Eleitoral do MPCE, Emmanuel Girão, uma situação como essa de aglomeração provoca desequilíbrio na disputa. "Estão usando o poder econômico, o poder de autoridade do qual os partidos políticos também são investidos, para desequilibrar a disputa em detrimento daqueles que vem realizando suas campanhas de acordo com as regras estabelecidas".

Por: Diário do Nordeste.

Maus-tratos contra cães leva homem a ser condenado a pagar 15 salários mínimos


Um homem acusado de maus-tratos contra cinco cães foi condenado pela Justiça a pagar 15 salários mínimos (R$ 15.675).

O caso aconteceu na região de Barão de Cocais (MG), e os animais -quatro adultos e um filhote- foram resgatados após denúncia anônima. Segundo o Tribunal de Justica de Minas Gerais, o Ministério Público aponta que o local era insalubre e que os cães apresentavam ferimentos -um deles teve a pata amputada.

No processo, o advogado do acusado afirmou não haver provas suficientes para incriminá-lo e pediu que os animais fossem devolvidos.

Porém, o juiz Luís Henrique Guimarães de Oliveira, da Comarca de Barão de Cocais, destacaou na decisão que depoimentos de testemunhas, fotografias feitas no dia do resgate e um laudo comprovaram as agressões.
Devolução negada

O juiz também negou o pedido para devolução dos animais, que foram entregues a uma ONG.

Além do pagamento, o homem "terá algumas limitações nos fins de semana, a serem definidas definidas pelo juiz da Vara de Execuções Penais", informou o TJ.

O resgate aconteceu em 2016, quando foi registrado um termo circunstanciado -espécie de boletim de ocorrência para crimes de menor potencial ofensivo (quando a pena prevista é inferior a dois anos).
Legislação

À época, maus-tratos contra cães e gatos eram punidos com base na Lei de Crimes Ambientais, com pena de até um ano de detenção, além de multa.

A punição mudou neste ano, com a chamada Lei Sansão, sancionada no fim de setembro e que enfureceu a pena. Ela altera a legislação anterior e prevê dois a cinco anos de prisão, além de multa e proibição de guarda para quem praticar abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar cães e gatos.

Por: Diário do Nordeste.

França: ataque a faca deixa ao menos três mortos em Nice; suspeito foi preso


Um homem armado com uma faca atacou várias pessoas na saída da igreja de Notre-Dame, em Nice, na França, na manhã desta quinta-feira, 29. De acordo com a imprensa francesa, pelo menos três pessoas morreram no ataque, duas delas dentro da igreja. Autoridades francesas falam em atentado terrorista. De acordo com o jornal francês "Le Parisien", pelo menos uma das vítimas foi degolada pelo agressor, que tentou se esconder em um banheiro dentro da igreja após o ataque. O homem foi baleado e preso pela polícia.

Ainda de acordo com a publicação francesa, o prefeito de Nice, Christian Estrosi, teria afirmado que o homem, enquanto era socorrido, repetia a frase "Allahu Akbar" ("Alá é grande", em português). Em uma publicação no Twitter, Estrosi comparou o ataque em Nice ao do professor Samuel Paty, morto há 13 dias por um adolescente muçulmano após mostrar caricaturas do profeta Maomé durante uma aula.

"Treze dias depois de Samuel Paty, nosso país não pode mais estar satisfeito com leis de paz para destruir o islamo-fascismo", escreveu o prefeito de Nice. Em outra publicação, Estrosi afirma que duas pessoas foram mortas dentro da igreja e que Nice "pagou um preço muito alto, como nosso país nos últimos anos."



Mulher e idosa mortas

De acordo com o jornal "Le Figaro", as duas vítimas mortas dentro da igreja são uma mulher idosa, que teria sido quase decapitada próximo a uma pia de água benta, e um sacristão da igreja. A terceira vítima teria conseguido fugir e se refugiar em um café, mas foi morta com múltiplas facadas pelo agressor. A publicação também afirma que o agressor seria um jovem de aproximadamente 20 anos, identificado apenas como "Brahim". Ele teria dito que agiu sozinho.

O ministro do Interior, Gerald Darmanin, convocou uma reunião de crise para acompanhar o caso. Em uma mensagem publicada em sua conta no Twitter, Darmanin disse que uma operação policial estava em curso e que havia conversado com o prefeito da cidade.

O presidente francês, Emmanuel Macron, também participou da reunião de crise, segundo a imprensa francesa. É esperado que Macron vá até Nice ainda na manhã desta quinta-feira para acompanhar a situação pessoalmente.

Por: Diário do Nordeste.

Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomelite termina nesta sexta-feira



Os pais devem ficar atentos! Crianças com idade de 1 a 5 anos têm até essa sexta-feira para receberem a vacina contra a poliomielite, no Ceará, dia do encerramento da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, divulgado no início da semana, apenas 35% do público-alvo foram vacinados.

Não existe tratamento para a poliomielite e a única forma de prevenção é a vacinação. A vacina oral de poliomielite protege contra dois sorotipos do poliovírus e a vacina inativada, contra os três sorotipos, é o que informa o Ministério da Saúde.

É recomendado também que crianças com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina, sejam avaliadas pelo serviço de saúde antes de tomarem a vacina.

Faltam, portanto, vacinar 7,3 milhões de crianças para que se atinja a meta de imunizar 11,5 milhões do público-alvo. A campanha teve início no dia 5 de outubro e está ocorrendo simultaneamente à campanha de multivacinação, que tem por objetivo atualizar a situação vacinal de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade.

Segundo o balanço divulgado no dia 26, a maior cobertura vacinal ocorreu no Amapá, com 62,59% de cobertura, seguido da Paraíba, com 50,11%. A menor cobertura é em Rondônia, com 11,76%. Em nota, o ministério informou que, de acordo com os dados preliminares, até o momento 232 (4,16%) municípios atingiram a meta de 95% de crianças vacinadas.

O ministério, no entanto, garante que a vacina “é extremamente segura e possui eficácia entre 90% e 95% para a VOP”.

A recomendação aos estados que não atingirem a meta é continuar com a vacinação de rotina, oferecida durante todo o ano nos mais de 40 mil postos de saúde distribuídos pelo país.

Com informação da Agência Brasil.

Pai e filho são presos por ameaça a mão armada em Barbalha



Segundo informações da Polícia Civil, diligências do RAIO identificaram nesta terça-feira (27) dois homens que estavam ameaçado moradores do Sítio Mata dos Araçais, em Barbalha, com armas de fogo. Segundo informaram, se trata de dois integrantes da mesma família, sendo um deles identificado por José Valmir Alves, de 45 anos, e o outro Anderson de Sousa Alves, de 25 anos, filho deste.

Os dois foram apreendidos com três armas, sendo um revólver calibre 38 sob posse em flagrante do de José Valmir, e outras duas armas de mesmo calibre encontradas na residência de Anderson, bem como 18 munições intactas. Eles foram presos e conduzidos para a Delegacia Regional de Policia Civil em Barbalha, onde ficam à disposição da justiça.

Por: Redação Badalo.

Assembleia aprova projeto de indicação que altera salário de agentes comunitários



A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou, na última quinta-feira, 22, projeto de indicação do deputado Guilherme Landim (PDT) que altera a Lei nº 14.101, de 2008, com as mudanças da Lei nº 16.870, de 2019, estabelecendo em R$ 1.400 o piso salarial dos agentes comunitários de saúde vinculados ao Estado e regidos pela referida lei.

O deputado autor do projeto 6/2020, que começou a tramitar em fevereiro deste ano, indica que, diante do reajuste salarial nacional dos profissionais definido pela Lei Federal 13.708, de 2018, é necessária a atualização do piso dos agentes vinculados ao Ceará.

O parlamentar aponta ainda que o financiamento do piso salarial dos agentes comunitários de saúde é resultado da soma da Assistência Financeira Complementar (AFC) e Incentivo Financeiro (IF), recursos repassados pela União aos estados e municípios.

O projeto, aprovado pela Casa, indica ainda que as despesas recorrentes da proposição – quando convertida em Lei – correrão por conta das dotações orçamentárias vigentes.

Por se tratar de uma iniciativa de prerrogativa do Poder Executivo, o projeto de indicação segue como sugestão para o governador do Estado que, caso acate, envia um projeto de lei para a apreciação da AL, disciplinando assim o assunto.

Por: Repórter Ceará.

Jovem que estava desaparecido em Madalena é encontrado sem vida



O jovem Luzardo Sousa, de 23 anos, desaparecido desde a noite de segunda-feira, 26, no município de Madalena, no Sertão Central, foi encontrado sem vida no final da tarde desta quarta-feira, 28.

Luzardo residia no Bairro Henrique Jorge e, segundo informações, saiu de casa por volta de 21 horas em uma moto, abasteceu em um posto de combustível e, desde então, não retornou mais para casa.

Amigos e familiares iniciaram, desde a tarde dessa terça-feira, 27, as buscas por ele na região do Distrito de Macaoca. Informações repassadas a nossa reportagem dão conta de que ele foi encontrado morto em uma estrada que dá acesso as localidades de Teotônio e Manga, em Madalena.

A Polícia Civil deve investigar o caso.

Luzardo é bastante conhecido na cidade, por ser cantor há bastante tempo do ministério de música do Grupo de Oração Fonte de Luz, da Renovação Carismática Católica. O jovem também era amante e praticante de voo livre.

Matéria sujeita a atualização.

Por: Repórter Ceará.

Foto: Reprodução/Facebook)

Presidente Jair Bolsonaro anuncia revogação de decreto para concessão das UBS



O presidente Jair Bolsonaro anunciou, por meio das redes sociais, que revogou o Decreto nº 10.530/2020, que previa realização de estudos e a avaliação de parcerias com a iniciativa privada para a construção, a modernização e a operação de Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.



Em mensagem na rede social, Bolsonaro negou que a medida alterasse o caráter público do Sistema Único de Saúde (SUS). Bolsonaro disse que “em havendo entendimento futuro dos benefícios propostos pelo decreto, o mesmo poderá ser reeditado.”

Conforme números apresentados pelo presidente, o Brasil tem mais de 4 mil UBS e 168 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) inacabadas e “faltam recursos financeiros para conclusão das obras, aquisição de equipamentos e contratação de pessoal.”

A Secretaria-Geral da Presidência da República informa que será publicada uma edição-extra do Diário Oficial da União cancelando o Decreto nº 10.530/2020.

Por: Ceará Agora.

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Infectologistas reforçam importância de medidas de prevenção à Covid-19



Num cenário de variáveis envolvendo transmissão, tratamento e cura da Covid-19, a população precisa seguir mantendo uma série de ações rotineiras, de modo a incorporar práticas sociais de cuidado. É o que apontam os infectologistas Melissa Medeiros e Keny Colares, médicos do Hospital São José (HSJ), unidade da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Estado.

“É preciso que a gente assimile novas condutas, porque isso precisa virar hábito e fazer parte do nosso dia a dia. Essas medidas precisam ser encaradas como coisas naturais”, afirma Melissa, reforçando que o uso de máscara necessita ser absorvido como um item essencial no contato social, sem brechas para relaxamento. “É importante também ter sempre uma boa higienização, sempre que tiver contato com sujidade, e continuar evitando o contato físico com pessoas, estranhas ou não, que você encontra fora de casa”, completa.

A infectologista reforça que, apesar dos avanços no combate ao coronavírus, é preciso entender que a situação segue requerendo atenção. “A gente não tem data prevista para a Covid-19 acabar. Hoje existem coisas que a gente não conhece ainda sobre a transmissão, sobre o risco de reinfecção e também sobre o tempo para desenvolver uma vacina que seja eficaz e possa ser utilizada a longo prazo”, analisa.

Keny Colares salienta a necessidade de manter as adaptações nas relações sociais nos mais variados espaços – a exemplo de transporte público, sala de aula e postos de trabalho. “É provável que gente tenha que conviver com esses cuidados por algum tempo, talvez por alguns anos. Baseado em outras pandemias que aconteceram no passado, é necessário que a gente continue somando medidas que já conhecemos muito bem e continue diminuindo a circulação na rua. A recomendação é sair de casa apenas quando for necessário e, quando sair, tentar ficar mais distante possível das outras pessoas”.
Reuniões familiares

Após o período de lockdown, que acabou resultando no distanciamento momentâneo de parentes e amigos, muitas famílias têm promovido encontros. Esses momentos, porém, precisam seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS). “O risco das reuniões familiares é o mesmo risco de qualquer tipo de aglomerado de pessoas e, quanto mais pessoas estiverem aglomeradas, é pior”, pontua Keny. Ele detalha: “Uma coisa é fazer uma reunião familiar num ambiente bem ventilado, na beira da praia, por exemplo, outra coisa é num ambiente totalmente fechado”.

Melissa aponta que, nessas situações privadas de contato social, muitas vezes não se mantêm a atenção com o distanciamento mínimo. “As famílias acabam tendo esse descuido nas condutas que são básicas para termos maior segurança e não se preocupam com o distanciamento de, pelo menos, dois metros”, afirma, reforçando que esses encontros entre parentes e amigos que não moram na mesma casa precisam ter a mesma cautela das demais aglomerações. “Essas medidas acabam sendo quebradas e pode haver um alto risco de transmissão se tiver uma pessoa doente ou que tenha sido exposto ao vírus e esteja assintomática”.

Mesmo com todos os cuidados, Dr. Keny pondera que cada família precisa avaliar quem, de fato, pode estar presente nesses encontros. “Se tem pessoas com fator de risco, idade avançada ou tem doenças crônicas – especialmente do coração, do pulmão e diabetes –, é importante considerar que talvez seja melhor que essas pessoas não compareçam”, indica.
Academias

Outro espaço de convívio que requer atenção é o ambiente de atividades físicas compartilhadas. “Nas academias, muitas vezes, as pessoas compartilham máquinas e objetos de exercício. Essa prática tem um risco de transmissão maior”, aponta Melissa, detalhando a necessidade de redobrar o cuidado ao dividir a rotina de musculação e atividades aeróbicas com outras pessoas.
“Numa academia, não tem motivo para tirar a máscara e as pessoas não precisam ficar tão próximas assim. Tem um risco, porque as pessoas ficam em torno de uma hora e, muitas vezes, são ambientes fechados, com ar-condicionado”, completa Kenny.
Restaurantes

Dentro da escala de riscos de contaminação, alguns ambientes de entretenimento acabam reunindo muitas das práticas de risco. “Os bares e restaurantes são considerados um dos locais mais arriscados, porque as pessoas estão normalmente falando, emitindo mais as partículas que podem contaminar outras pessoas, e também são lugares em que as pessoas costumam ficar numa proximidade maior. Como elas estão comendo e bebendo, elas passam boa parte do tempo sem a máscara”, avalia Dr. Keny.
Uso do celular

Outro ponto que merece atenção é o uso de celular, item discutido desde o início da pandemia, mas que, para muita gente, ainda não é prioridade na hora da limpeza. “Existem estudos mostrando que esse vírus pode durar algumas horas ou alguns dias em superfícies como material de madeira e aço. Recentemente, foi falado também da possibilidade da permanência do vírus nos celulares, além de um estudo recente mostrando que ele pode ficar até 9 horas sendo identificado na pele”, afirma Melissa Medeiros.

A médica ressalta, porém, que a detecção do vírus numa superfície não significa “necessariamente que ele é transmissível e capaz de infectar”. Mesmo assim, o alerta segue necessário. “Isso não quer dizer que a gente tenha que se descuidar da higienização, principalmente de celulares, computadores e outros materiais que a gente leva para a rua e traz pra dentro de casa. É importante sempre higienizar com um pano umedecido com álcool”.

Keny Colares finaliza: “É interessante que a gente mantenha a guarda alta, dentro do possível, para levar a vida da melhor forma possível. Precisamos manter ao máximo os cuidados para a gente não cantar vitória antes da hora e depois ter que enfrentar mais uma piora”.

Ceará chega a 169 areninhas com as inaugurações de Altaneira, Ipu, Ipueiras e Porteiras



O governador Camilo Santana entregou na tarde desta terça-feira (27) mais quatro areninhas para a população dos municípios de Altaneira, Ipu, Ipueiras e Porteiras. Com mais quatro novos equipamentos, já somam 169 areninhas entregues em todo o Ceará, sendo 108 no Interior e outras 61 na Capital, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza. Ao lado do governador no evento virtual que inaugurou os equipamentos estava o secretário do Esporte e Juventude (Sejuv), Rogério Pinheiro.

Camilo Santana destacou a amplitude do programa de implantação das areninhas, como ferramenta inclusiva e preventiva através do esporte. “Esse é o maior programa de inclusão, na área de esporte e juventude do País. É uma forma de você tirar o jovem da rua e levar para uma atividade de esporte. Além de ser um projeto de esporte, é um projeto de prevenção social, de reduzir a violência. Quando você ocupa os espaços públicos, gera oportunidade para as pessoas. Você ocupa, ilumina os espaços, é o encontro das famílias. Nos entornos vira toda uma atividade econômica”.



Todas as areninhas serão administradas pelas secretarias de esporte de cada município, recebendo os protocolos sanitários de uso através da Sejuv. “O Ceará tem se mostrado um exemplo na educação, mas com o projeto areninhas também no esporte e cidadania, chamando a atenção de vários estados no Brasil, que procuram a Sejuv para replicar a experiência positiva do projeto”, exalta Rogério Pinheiro.

Segundo o governador, até o fim de 2020 a meta é chegar a 300 equipamentos em todo o Estado do Ceará. “Eu gosto de inaugurar a areninha pessoalmente, porque a gente aproveita e joga bola, faz gol. Não temos medido esforços para levar mais opções de esporte e lazer para os cearenses, e 34 areninhas já estão prontas, e quase 100 estão em processo de construção ou de licitação”, listou o governador.

Reino Unido pode disponibilizar vacina contra covid-19 antes do Natal



Uma vacina contra a covid-19 pode ser disponibilizada para algumas pessoas no Reino Unido antes do Natal, mas um lançamento no início de 2021 é o mais provável, disse Kate Bingham, a responsável pela aquisição de possíveis imunizantes no país, nesta quarta-feira.

"Se as primeiras duas vacinas, ou qualquer uma delas, mostrarem que são seguras e eficazes, acho que há uma possibilidade de que a disponibilização da vacina comece antes do Natal. Mas se não, acho que é mais realista esperar para o início do ano que vem", disse ela à BBC.

Fonte: Agência Brasil.

Ceará deve vacinar 49,4% do público-alvo contra poliomielite até o fim da campanha


Seguindo a campanha nacional de vacinação contra poliomielite, 258.904 crianças já foram vacinadas no Ceará até as 19h32 dessa terça-feira (27), o que representa aproximadamente 50,6% do público-alvo total. O estado espera alcançar a meta de 510.895 vacinas aplicadas.

Os dados foram obtidos através do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), do Ministério da Saúde. A campanha do governo federal teve início no dia 5 de outubro e estava prevista para terminar nesta sexta-feira (30). Porém, de acordo com a coordenadora de Imunização da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), Carmem Osterno, o prazo deverá ser prorrogado.

“Nós recebemos na semana passada um comunicado de que a campanha será prorrogada, provavelmente até o final de novembro. Aqui no Ceará nós conseguimos retomar rapidamente todo o serviço, mas tem ainda estados e municípios com dificuldade, então eles vão ampliar pra poder conseguir alcançar as metas”, detalha.

A coordenada explica, ainda, que devido à uma defasagem de dados, é possível que o Ceará já tenha uma quantidade maior de vacinas aplicadas. “À proporção que os municípios vão vacinando, o lançamento dos dados não é imediato. Terminam o trabalho do dia, e no dia seguinte os dados são lançados no sistema da Secretaria de Saúde. Vale lembrar que nem todos os postos de saúde têm computadores, nem toda localidade de Internet. Temos muitas equipes trabalhando em zona rural. Por isso, a gente acredita que muito mais vacinas já foram aplicadas”, diz.

De acordo com a Sesa, o estado possui 2.631 salas de vacina. Em nota, a pasta reforça que deverão ser vacinadas contra poliomielite as crianças com menos de cinco anos. “É importante que o público-alvo das campanhas compareça aos serviços de saúde com a caderneta de vacinação para que os profissionais possam avaliar se há alguma vacina pendente”, pontua.

Durante a campanha, todas as vacinas previstas no calendário de vacinação estarão disponíveis. Na avaliação de Carmem Osterno, a expectativa para alcançar a meta da poliomielite é positiva.

“Os municípios estão fazendo um excelente trabalho como um todo, com suas equipes. Com certeza, teremos um bom resultado ainda dentro de outubro”, garante.

Por: G1-CE.

Polícia procura ex-namorado suspeito de matar mulher em praça de município no interior do Ceará



Uma mulher de 35 anos foi morta a golpes de facão, na noite desta terça-feira (27), na praça da igreja matriz do município de Santa Quitéria, a 220 quilômetros de distância de Fortaleza. De acordo com a Polícia Militar, o ex-namorado da mulher é o suspeito de ter atacado a mulher na praça quando ela estava com o homem com quem estava se relacionando. Ele é procurado pela polícia.

Francisco Vanderlan Mesquita Gomes também é suspeito de ferir o atual namorado da vítima, que tentou se proteger usando uma cadeira, mas acabou sendo atingido com golpes de facão na cabeça. O homem foi socorrido para um hospital da região e depois transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral. O estado de saúde dele não foi informado.

Já Antônia Sousa Silva foi perseguida e morta em via pública. O corpo dela ficou caído na praça. Conforme a PM, a vítima havia terminado o relacionamento com suspeito há cerca de um mês.

O suspeito fugiu do local em uma motocicleta, e a polícia realiza buscas na região para tentar capturá-lo. O caso é investigado pela Delegacia Municipal de Santa Quitéria.

Por: G1-CE.

Policiais retiraram veículo onde reféns foram mortos no Ceará antes de perícia



O veículo onde estavam dois reféns que terminaram mortos e dois suspeitos de um roubo, que trocaram tiros com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município de Chorozinho, no Ceará, foi retirado do local pela própria PRF antes da perícia chegar. A informação foi confirmada por um policial que participou da ação, em depoimento à Polícia Federal (PF), obtido pelo G1.

O tiroteio aconteceu na manhã do último dia 19 de outubro. Alexandre de Souza Santiago e Clodevaldo Pacheco, funcionários de uma fábrica do ramo alimentício localizada na Grande Fortaleza, foram baleados e levados ao hospital, onde morreram.

Um policial rodoviário federal que participou da ação diz que não sabe quem deu o comando para que o veículo Volkswagen Gol, de cor prata, roubado e com as placas adulteradas, fosse retirado do local antes da perícia. A remoção foi feita por um guincho que presta serviço à PRF.

Segundo o agente de segurança, foi comentado no local que, como os feridos já tinham sido socorridos e o carro era roubado, seria necessário a remoção do automóvel, e sequer foi cogitado acionar peritos forenses.

O veículo seria levado para a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), da Polícia Civil do Ceará (PCCE), que investigava os criminosos. Mas, por envolver a PRF, o carro e os outros bens apreendidos terminaram sendo transportados para a sede da PF.

Questionada sobre a remoção do carro, a Polícia Rodoviária Federal não se manifestou até a publicação desta matéria.

Armas de fogo

A composição da PRF que participou da ação tinha três policiais, dos quais dois nunca tinham participado de uma troca de tiros, segundo os depoimentos prestados à PF. Um desses "estreantes" utilizou um fuzil na ação, apesar de também estar na posse de uma pistola.

Enquanto o agente que já tinha se envolvido em um tiroteio usou a única arma que tinha, uma pistola. O terceiro servidor conduzia a viatura e disse que não efetuou disparos.

Os suspeitos presos e baleados na ação foram identificados como Leandro Silva do Nascimento e Edson da Silva Nascimento. No dia seguinte, a Justiça Federal converteu a prisão em flagrante dos dois homens em prisão preventiva.

Conforme as investigações, eles são suspeitos de integrar uma quadrilha de roubo de cargas na Grande Fortaleza, que teria subtraído alimentos de um veículo da empresa do ramo alimentício e feito reféns os dois funcionários.

Leandro já respondia por homicídio, posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menor. Já Edson teve que ficar hospitalizado após o tiroteio. A dupla foi autuada, desta vez, pelos crimes de tentativa de homicídio, resistência, roubo, receptação e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Com a dupla, foram apreendidos um revólver calibre 38, o veículo e três aparelhos celulares, que a Polícia suspeita serem frutos de roubos. Há uma inconsistência no registro da ocorrência, entretanto. Também teriam sido apreendidas cinco munições com os suspeitos, mas os policiais registraram três munições deflagradas e outras três intactas.

O fuzil e as duas pistolas da PRF e o revólver que estava na posse dos suspeitos irão passar por perícia para identificar de onde partiram os tiros que mataram Alexandre e Clodevaldo.

Em depoimento, Leandro Nascimento negou que tenha atirado sequer contra a composição policial. Já os policiais garantem que reagiram a uma "injusta agressão".

Outros roubos

Além do roubo da carga alimentícia que terminou com as mortes dos dois reféns, a dupla presa e comparsas são suspeitos de invadir uma churrascaria e roubar funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) em expediente, que almoçavam no local, subtraindo um veículo Fiat Toro e objetos pessoais, na mesma manhã do dia 19, próximo a Chorozinho.

Pouco tempo depois, o automóvel roubado foi encontrado abandonado, em uma estrada em meio a um matagal, em Quixadá.

A quadrilha era investigada pela Polícia Civil desde o dia 15 de outubro deste ano, quando uma carga foi roubada de um veículo Fiat Fiorino e um homem foi feito refém, dentro desse automóvel, até a mercadoria ser descarregada.

Depois, o veículo foi abandonado e encontrado pela própria PRF na altura do Km 12 da BR-116. Conforme as investigações, o mesmo carro Gol, de cor prata, era utilizado pelos criminosos.

Por: G1-CE.

Campanha de Fortaleza é a segunda mais cara do Nordeste


Passado o primeiro prazo da obrigatoriedade de prestação de contas parciais de gastos com a campanha eleitoral, a disputa pela Prefeitura de Fortaleza já desponta como a segunda mais cara do Nordeste. O dinheiro está sendo aplicado principalmente para a produção dos programas do horário eleitoral gratuito no rádio e televisão, além de impulsionamento de conteúdo nas redes sociais e materiais impressos, entre outros gastos.

Os dados oficiais apontam que o candidato do PDT, Sarto Nogueira, foi o que registrou as maiores receitas (R$ 5,260 milhões), enquanto o postulante do PSL, Heitor Freire, foi o que teve, na Capital, as maiores despesas contratadas (R$ 3,654 milhões).



Somadas as onze candidaturas de Fortaleza, são R$ 13,2 milhões arrecadados e R$ 10,8 milhões empenhados em contratações. Nesse aspecto, Fortaleza fica atrás apenas de Recife (PE), com R$ 12 milhões gastos, e empata em 2º lugar com João Pessoa (PB), que também já gastou R$ 10,8 milhões. A diferença é que a Capital da Paraíba possui 15 candidaturas — quatro a mais que a Capital cearense.

Os dados foram obtidos no Divulgacand, o portal do Tribunal Superior Eleitoral que demonstra o detalhamento dos gastos e as situações das candidaturas.

O direcionamento dos gastos para uma superprodução nas imagens que vão ao ar no programa eleitoral e nas inserções diárias é explicado pelo resultado da pesquisa Ibope, contratada pela TV Verdes Mares, e divulgada no dia 14 de outubro. O instituto revela que a maior fonte de informação dos eleitores é a TV, citada por 51% dos entrevistados.

Apesar de a campanha nas redes sociais dos candidatos à disputa majoritária em Fortaleza ser a mais cara do País, como mostrou o Diário do Nordeste na edição do último domingo (25), apenas Célio Studart, candidato do PV, direcionou a maior parte dos recursos para o impulsionamento no Facebook e Instagram. O valor chega a R$ 284.130, representando 41% dos recursos arrecadados até ontem.

Heitor Freire direcionou a maior parte dos gastos para serviços terceirizados. O valor é de R$ 3 milhões. O deputado federal é o único até esse momento da campanha que já empenhou mais dinheiro do que o total que arrecadou.

Dos R$ 350 mil que recebeu do partido para impulsionar a candidatura, Samuel Braga (Patriota) remanejou boa parte do valor para os candidatos do partido à Câmara Municipal. O repasse foi de R$ 114.375,00 — o que representa 32% dos gastos até ontem.

Na parte de baixo da tabela, Renato Roseno (Psol) e Paula Colares (UP) usaram a maior parte das receitas em materiais impressos. O candidato José Loureto (PCO) foi o único que não comprovou receita nem despesa.

Rádio e TV

O consultor político Leurinbergue Lima reforça que “o gasto maior sempre é em rádio e TV, principalmente onde tem rádio e TV, no caso em Fortaleza, Caucaia, Pacajus, Aracati, Sobral e Juazeiro do Norte. Então, nessas cidades, eles precisam investir em propaganda boa”. Segundo ele, “em Fortaleza, a produção está muito bonita, bem feita. E isso custa, tem que ter bons redatores, bons produtores de vídeo, boas produtoras, jornalistas levantando dados, tudo isso é caro. Tem um período que a demanda é enorme e a oferta de profissionais é pequena”.

O consultor cita o caso de Heitor Freire. “A equipe dele veio toda de São Paulo, imagine os custos. E, no caso dele, acho que a candidatura parte do princípio de deixar o nome do partido na prateleira, mostrar que tem candidato, tem vice, apresentar propostas”. A cientista política Paula Vieira, da Universidade Federal do Ceará (UFC), lembra que o maior gasto de rádio e TV é por conta do alcance desses veículos nas cidades de maior população.

Boa parte dos eleitores no País não tem acesso à internet, e sequer possuem telefone celular para consumir informação.

“Por conta dessa ampliação das plataformas de streaming, temos a impressão de que rádio e TV ficaram fora do circuito, e aí tem duas questões. É o mais democrático, mas não é só por isso que é mais utilizado, é pragmático. A maioria das pessoas ainda assiste à TV e ainda escuta rádio, então são dois recursos que ainda são muito utilizados”, reforça.

“Como é o que chega nas pessoas, o investimento de fato será maior. E esse investimento tem toda uma preparação que é do marketing, como serão passadas as campanhas; por isso a disputa pela ordem, tempo de TV ainda é muito solicitado, porque é aquele momento em que o candidato vai ter um acesso que não seja o presencial”, analisa Vieira.

Redes sociais

O investimento tem sido muito forte na campanha virtual, mas os meios tradicionais de comunicação, como mostram os números do TSE, ainda continuam protagonizando o direcionamento do dinheiro recebido pelos partidos — recurso que pode vir dos partidos e de doações de pessoas físicas.

A explicação, para o consultor político Leurinbergue Lima, é que “nem todo mundo curte a página do candidato, mesmo que ele seja impulsionado, não necessariamente vai consumir” o que está sendo divulgado lá. “Mas, mesmo que se consuma menos TV ou rádio, as pessoas assistem a jornal, novela, futebol e passa o comercial, e entra na casa do cara. Por isso investimento maior ainda é nisso”.

A pesquisadora Paula Vieira cita, por exemplo, uma inserção de candidatos na televisão logo depois de um jogo entre Ceará e Fortaleza, quando a audiência é alta. “Nas redes sociais têm o impulsionamento, mas, por mais que tenha o acompanhamento, não tem o alcance de rádio e TV. Nas redes sociais, as pessoas escolhem um ou outro, ou nenhum para seguir. Não chega tão fácil”, disse.

Por: Diário do Nordeste.

Mesários do Ceará e de mais 22 estados receberão auxílio por aplicativo do Banco do Brasil


Os mesários de 23 estados nas eleições municipais de novembro receberão o auxílio-alimentação por meio do smartphone. O benefício será pago por meio do aplicativo Carteira bB, carteira digital fornecida pelo Banco do Brasil.

O pagamento por meio digital resulta da parceria entre o Banco do Brasil e os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) dos seguintes estados: Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Caberá a cada TRE definir o valor e a data de pagamento do auxílio-alimentação. As condições de recebimento podem ser verificadas no site da Justiça Eleitoral de cada estado.

Para receber o auxílio-alimentação, os mesários deverão instalar o aplicativo, disponível nos sistemas operacionais Android e iOS, e cadastrar-se na Carteira bB. Cada TRE encaminhará aos mesários um código que será usado para resgatar o benefício na data indicada. O saldo disponível aparecerá na tela inicial do aplicativo.

As eleições municipais ocorrerão em 15 de novembro, com o segundo turno em 29 do mesmo mês. Ao todo, serão preenchidos 67,8 mil cargos públicos eletivos de prefeitos e vereadores.

Repórter Ceará com Agência Brasil

Polícia Federal usará drones para combater fraudes em eleições



A Polícia Federal (PF) usará drones em todos os estados para auxiliar o trabalho dos policiais na prevenção e repressão a crimes eleitorais. A meta é aumentar a segurança nas eleições deste ano.

Serão utilizados mais de 100 Aeronaves Remotamente Pilotadas, que serão alocadas em municípios, classificados pelo órgão, como estratégicos em todo o território nacional. Segundo a PF, os equipamentos vão sobrevoar as principais zonas eleitorais do Brasil, ajudando na fiscalização e no combate a crimes como boca de urna e transporte ilegal de eleitores, por exemplo.

Ainda de acordo com a PF, os drones têm tecnologia de ponta e podem se tornar imperceptíveis ao voar em elevada altitude. Esses equipamentos possuem câmeras capazes de realizar zoom suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entrega de santinhos e situações de compra de votos, com imagens de alta nitidez.

As imagens capturadas serão transmitidas a uma equipe da Polícia Federal, que estará preparada para monitorar todas as eleições e adotar as medidas cabíveis diante de atividades suspeitas.

“Diante de algum flagrante de crime eleitoral, policiais se deslocarão imediatamente para o local indicado visando prender os suspeitos, que serão conduzidos a uma delegacia, onde serão tomadas as providências pertinentes”, informou a Polícia Federal.

Novas tecnologias

Acrescentou que o uso dos drones atende orientações da direção geral da PF visando prevenir e reprimir ações delituosas com a utilização de novas tecnologias.

Além disso, o emprego de drones diminui a presença física dos policiais e o contato social com não envolvidos em situação criminosa, o que, para a PF, se torna extremamente relevante diante do cenário de medidas de distanciamento social para combater a epidemia do novo coronavírus.

“Com isso, a instituição [Polícia Federal] visa cumprir seu mister constitucional de polícia judiciária eleitoral e mostrar que está preparada para combater crimes eleitorais, garantindo um pleito seguro para que os cidadãos possam exercer o seu direito de sufrágio dentro da legalidade”, finalizou a Polícia Federal.

O primeiro turno das eleições municipais está marcado para 15 de novembro. O segundo turno, onde houver, ocorrerá em 29 de novembro. O horário de votação será sempre das 7h às 17h, no horário local.

Repórter Ceará – Agência Brasil

Burro fica suspenso em carroça com excesso de peso em Juazeiro do Norte; Responsável pelo animal é notificado


Um burro ficou suspenso em uma carroça com excesso de peso no Bairro Salesianos, em Juazeiro do Norte. O caso ocorreu na manhã desta terça-feira, 27, foi fotografado e denunciado à polícia ambiental. Uma equipe do Batalhão de Polícia do Meio Ambiente de Juazeiro do Norte constatou que o animal transportava uma carga pesada de tijolos.

Segundo o sargento Marcos A. Silva, da Polícia Ambiental, o dono do animal foi identificado e notificado para se apresentar à delegacia. O caso foi encaminhado para a Polícia Civil do Ceará, que deve instaurar um inquérito.

O sargento afirma que apenas com análise de um veterinário pode ser verificado se o animal sofreu algum tipo de maus-tratos. O animal, contudo, foi solto em campo aberto após o incidente.

Além da Polícia Ambiental, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) também compareceu ao local.

Punição por maus-tratos

Caso seja constatado maus-tratos ao burro, a lei estabelece pena de dois a cinco anos de reclusão em caso de condenação. A pena é aumentada de um sexto a um terço se o crime causa a morte do animal.

A lei que tornou mais rígida a punição por maus-tratos a animais foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em 29 de setembro.

Por: Repórter Ceará com informações do G1-CE.
Foto: Divulgação.

Sesc Ceará lança concurso “Os sabores que a vida tem”


As receitas que passam de geração em geração contam histórias de família. Não à toa a memória afetiva passa pela cozinha, esse reduto do sabor, cor e aroma que transforma o ato de prover alimentação em uma das mais ricas expressões da identidade e cultura de um povo. Com a proposta de registrar essas narrativas, com a culinária como fio condutor, o Sesc Ceará lança o concurso Os Sabores que a Vida Tem. As inscrições podem ser feitas a partir desta segunda-feira (26) até o dia 06 de novembro, no site do Sesc (https://www.sesc-ce.com.br/inscricoes/). As 20 receitas classificadas serão reunidas em um e-book.

Podem participar maiores de 18 anos, com exceção de colaboradores do Sesc e de integrantes da comissão organizadora do concurso, além de seus dependentes e familiares. No site do Sesc, os interessados têm acesso ao regulamento completo. No ato da inscrição, é preciso não só escrever a receita, mas contemplar a história relacionada ao prato escolhido, do ponto de vista das memórias de vida e do valor afetivo.

A curadoria responsável pela seleção das receitas e histórias de vida será composta por quatro profissionais do Sesc Fortaleza, de formações distintas. Esses devem acordar quais candidatos atenderam aos critérios estabelecidos, quais sejam: originalidade, relação do prato apresentado com a história de vida, relevância e criatividade. Caso selecionado, o participante deve disponibilizar a gravação de vídeo da receita inscrita no projeto, para veiculação nas redes sociais institucionais.

A ação conjunta entre os programas Assistência e Saúde tem como objetivo “fomentar a valorização dos sujeitos através de suas memórias e saberes, desdobrando tais questões com base na importância das reminiscências individuais e coletivas”, explica Thaís Castro, supervisora administrativa do Sesc Fortaleza. Essa surgiu no contexto da pandemia, em que o isolamento social conduziu todos para uma rotina dentro de casa, em que a cozinha se tornou um espaço também de compartilhar experiências com a família, investir em uma alimentação mais saudável ou um novo hobby, e até mesmo como uma fonte de renda.

Por: Assessoria de Comunicação-Ascom Cariri

PRF prende cinco pessoas por furto de biscoitos após tombamento de carga no Ceará



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu cinco pessoas pelo crime de apropriação indébita na manhã desta terça-feira (27) em São Luís do Curu. Estas haviam saqueado a carga de uma carreta que havia tombado no quilômetro 75 da BR-222, por volta das 7h30. Quatro homens e uma mulher foram presos pelo crime de apropriação indébita. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de São Gonçalo do Amarante.

Uma equipe da PRF em Irauçuba (CE) foi acionada para atender a um acidente ocorrido, no qual a carreta, após o tombamento, derramou uma carga de biscoitos e massas sobre o leito rodoviário. Alguns minutos depois, no entanto, no quilômetro 60 da BR-222, em São Gonçalo do Amarante (CE), outra equipe da PRF recebeu uma denúncia de que estariam indo naquela direção alguns veículos carregados com materiais saqueados do caminhão acidentado. Com base na denúncia, os agentes abordaram quatro veículos que, ao todo, transportavam 50 caixas com biscoitos.

Juazeiro tem mais um óbito confirmado e 18 novos casos da Covid-19



A Secretaria da Saúde de Juazeiro do Norte informou que foi confirmado um óbito por coronavírus no município. O óbito ocorreu no dia 23 de outubro. Trata-se de uma mulher, de 56 anos, com comorbidade.

Até a tarde desta terça-feira (27), o município notificou 44.651 pacientes, dos quais 26 são casos suspeitos que aguardam os resultados dos exames, 28.892 casos descartados e 15.733 casos confirmados.

Entre os pacientes confirmados há 22 hospitalizados, 485 em isolamento domiciliar, 14.925 que já estão recuperados, e 301 óbitos.

terça-feira, 27 de outubro de 2020

Segunda etapa da campanha contra Febre Aftosa começará dia 03 de novembro


No próximo dia 03 de novembro a Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), órgão vinculado a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), iniciará mais uma etapa da Campanha contra Febre Aftosa no Ceará, que seguirá até o dia 02 de dezembro. É obrigatória a vacinação dos animais com até 24 meses de idade.

Depois do animal ser vacinado, o criador deverá declarar o até o dia 18 de dezembro. Devido a pandemia do novo coronavírus e a necessidade de medidas de distanciamento social, é preferível que a declaração seja realizada através Portal do Produtor, no site da Adagri (www.adagri.ce.gov.br). “Essa medida evitará aglomerações nos escritórios, já que o Ceará continua em isolamento social”, explica a presidente do órgão, Vilma Freire. Na impossibilidade de acessar o endereço eletrônico, o criador pode procurar um dos núcleos locais da Adagri, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) ou Secretarias de Agricultura do município parceiras da Agência na Campanha.

Vale ressaltar que a pandemia não é motivo para a não realização da vacina. Ela é forma mais eficiente, prática e barata de prevenção. A Febre Aftosa é uma doença infecciosa aguda, causada por vírus, altamente contagiosa que atinge os bovinos, búfalos, ovinos, caprinos e suínos. Assim, basta apenas um foco desta doença (uma propriedade atingida) para haver restrição ao mercado tanto internacional como nacional, já que animais e produtos de origem animal ficam proibidos de serem comercializados para países livres ou áreas livres de febre aftosa. “Por isso é tão importante que os criadores cumpram com sua responsabilidade”, reforça o diretor de sanidade animal da Adagri, Amorim Sobreira.

Quarta Policlínica de Fortaleza é inaugurada bairro no Bonsucesso; já são 26 em todo o Ceará



Inaugurada nesta segunda-feira (26) pelo governador Camilo Santana e pelo prefeito Roberto Cláudio, no bairro Bonsucesso, a nova Policlínica Dr. José Eloy da Costa Filho é a quarta unidade entregue em Fortaleza, que já tem unidades no Passaré, Jangurussu e Jóquei, e a 26ª do Ceará.

A nova unidade vai atender pacientes que requerem cuidados e avaliação de especialistas, mediante encaminhamento e agendamento realizado pelos Postos de Saúde da capital, porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS).



Voltada para o público adulto e pediátrico, a Policlínica de 8.500 m², conta com 26 consultórios e tem capacidade de atender cerca de 10 mil consultas médicas e 3 mil exames mensalmente. São 15 especialidades, nas áreas de cardiologia, endocrinologia, obstetrícia, neurologia, dermatologia, nefrologia, infectologia, gastroenterologia, coloproctologia, angiologia, oftalmologia, otorrinolaringologia e ortopedia.

O governador Camilo Santana destacou a importância da Policlínica para garantir atendimento mais especializado para os usuários do SUS e ressaltou a parceria com a prefeitura de Fortaleza. “Além das 15 especialidades a Policlínica também possui um Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), especializado de odontologia. Essa é mais uma ação do Programa Juntos Por Fortaleza, em parceria com a Prefeitura, para melhoria da saúde para o nosso povo”, destacou.



O equipamento tem foco também na Linha do Cuidado ao paciente Hipertenso e Diabético e na Linha do Cuidado ao Pré-Natal de Alto Risco, com assistência integrada de equipes multidisciplinares.

“Bem sabemos que o gargalo da saúde de Fortaleza está entre o Posto de Saúde e o Hospital, e que faz acumular longas filas por exames e procedimentos. E para sanar essa necessidade, começamos há quatro anos uma parceria com o Governo do Estado para entregar as Policlínicas à população. E hoje estamos aqui com o governador para entregar uma estrutura que não fica a dever a nenhum hospital privado da Capital”, explica o prefeito Roberto Cláudio.



Nesta segunda-feira (26), passou a funcionar a Policlínica do Crato, na Região do Cariri. Camilo Santana destacou a estrutura de policlínicas em todo o Estado. “No Cariri só tinha uma Policlínica, mas a partir de hoje tem duas, pois a região é muito grande, uma experiência exitosa em todo o Estado, e que a cada inauguração a gente melhora mais ainda o atendimento à população”, disse.

Motociclista morre após colidir em micro-ônibus e veículo pegar fogo no Ceará



Um micro-ônibus pegou fogo após colidir com uma motocicleta no quilômetro 206, da BR-222, em Forquilha, no interior do Ceará, na noite deste domingo (25). O condutor da moto morreu no local.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 30 passageiros estavam dentro do micro-ônibus, que saiu de Forquilha com destino a Sobral. Os ocupantes do veículo não ficaram feridos e conseguiram sair antes que o fogo se espalhasse.

As chamas atingiram uma vegetação às margens da pista e o trecho foi interditado durante a madrugada. Por volta das 3 horas desta segunda-feira (26), o local foi liberado para o tráfego, segundo a PRF.

Maior romaria de Juazeiro do Norte não terá presença de público como medida de prevenção a Covid-19



Como medida de prevenção ao novo coronavírus, a Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro do Norte, decidiu que mais uma romaria, desta vez a de Finados, realizada entre 29 de outubro a 2 de novembro, terá programação virtual.

No ano passado, o evento - considerado o maior do Município - reuniu cerca de 300 mil pessoas. Cem mil somente no dia 2 de novembro, data em que se celebra o dia de Finados. O objetivo, neste ano, é evitar a aglomeração de pessoas e, assim, reduzir a disseminação do coronavirus.

Projeto institui auxílio da União aos estados para compra de vacina contra Covid-19



O Projeto de Lei 5017/20 prevê que a União entregue, aos estados e ao Distrito Federal, R$ 2,6 bilhões para a compra direta de vacinas contra a Covid-19 no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Para tanto, deverão ser abertos créditos extraordinários em até cinco dias após a publicação da medida, caso ela seja aprovada e vire lei.

A proposta foi apresentada pelo deputado Alessandro Molon (PSB-RJ) à Câmara dos Deputados.

Molon acredita que o auxílio financeiro proposto dará agilidade e eficiência à compra de vacinas pelos diferentes estados brasileiros. “Com o recurso garantido e blindado de decisões políticas ou ideológicas, as aquisições das vacinas serão mais céleres e programáticas”, declara.

Ele lembra ainda que, embora os estados possuam autonomia, o federalismo fiscal brasileiro concentra na União a capacidade de emitir moeda e de se endividar.

“Assim, só a União emite moeda e somente com o aval da União os estados podem se endividar. Dessa forma, situações extremas, como a provocada pela pandemia da Covid-19, exigem soluções excepcionais.”

Quanto ao gasto de R$ 2,6 bilhões proposto, Alessandro Molon afirma que não há que se falar em risco de desrespeito aos limites individualizados de despesas primárias, uma vez que a excepcionalidade impõe a necessidade da abertura de créditos extraordinários, previstos na Constituição.

Distribuição proporcional
Conforme a proposta, os recursos serão distribuídos proporcionalmente à população de cada estado e do Distrito Federal. Além disso, as verbas não destinadas ou que não programadas em até seis meses após seu recebimentos serão revertidas em favor da União.

Ainda segundo o texto, as vacinas a serem compradas deverão ser aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ou, no caso de serem importadas, aprovadas em seus países por entidades sanitárias estrangeiras reconhecidas.

Com informação da Agência Câmara de Notícias.

Casal e adolescente são assassinados a tiros em Choró


Na noite do último sábado, 24, três pessoas foram mortas no município de Choró, no Sertão Central. O caso ocorreu na localidade de Serra do Teixeira, na zona rural.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), as vítimas foram identificadas como F.G.A.B, de 17 anos, Francisco Ítalo da Silva Costa, de 22 anos, e Micaelle Gomes de Melo Rodrigues, de 27 anos. Todos estavam em uma residência, quando o local foi invadido por homens armados, que efetuaram os disparos contra as pessoas.

A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) foi acionada e esteve no local. O caso será investigado pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá.

Repórter Ceará