Flamengo é dominado e sofre sua maior goleada na história na Libertadores ~ TribunaIguatu.com
Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Flamengo é dominado e sofre sua maior goleada na história na Libertadores


Legenda: Equipe de Torrent superou marca negativa de 1984
Foto: AFP

Atual campeão da Libertadores, o Flamengo não justificou seu status, foi totalmente envolvido e goleado nesta quinta-feira (17) por 5 a 0 pelo Independiente del Valle, com gols de Moises Caicedo, Preciado, Torres, Sánchez e Beder Caicedo.

O time carioca não ofereceu resistência alguma no Estádio Rodrigo Paz Delgado, e viu os donos da casa tomarem conta do jogo válido pela 3ª rodada da fase de grupos da competição. Sem gás, imaginação e postura tática, a equipe de Domènec Torrent cumpriu uma de suas piores atuações e foi colocado na roda.

Essa foi a pior derrota rubro-negra na história da competição, batendo o revés por 5 a 1 para o Grêmio, na edição de 84. A última derrota por este placar havia sido no dia 14 de junho de 2009, quando o Coritiba venceu pelo mesmo placar, em jogo disputado no Couto Pereira.

Na próxima terça-feira (22), o Fla encara o Barcelona de Guayaquil, às 19h15, no Monumental. Já o Del Valle visita o Junior Barranquilla, às 21h30, no Metropolitano.

INDEPENDIENTE DEL VALLE

Jorge Pinos; Angelo Preciado, Richard Schunke, Luis Segovia e Beder Caicedo; Cristian Pellerano, Moises Caicedo e Faravelli (Mera); Fernando Guerrero (Sánchez), Gabriel Torres (Montaño) e Jacob Murillo (Ortiz). T.: Miguel Ángel Ramírez

FLAMENGO

César, Isla, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís (Renê); Diego (Bruno Henrique), Arão e Gerson (Gerson); Everton Ribeiro (Michael), Arrascaeta (Pedro) e Gabigol. T.: Domènec Torrent

Estádio: Estádio Rodrigo Paz Delgado (Casa Blanca), Quito, Equador
Árbitro: Wilmar Róldan (COL)
Assistentes: Miguel Roldán (COL) e Sebastián Vela (COL)
Gols: Caicedo, aos 40 minutos do primeiro tempo; Preciado, aos 3 minutos do segundo tempo; Torres, aos 12 minutos do segundo tempo; Sánchez, aos 35 minutos do segundo tempo; Caicedo, aos 46 do segundo tempo
Cartões amarelos: Preciado e Caicedo (IND); Arão e Bruno Henrique (FLA)
Cartões vermelhos: Gustavo Henrique (FLA) e Preciado (IND)


Por: Diário do Nordeste.

0 comentários:

Postar um comentário