Ministério autoriza retorno de famílias evacuadas após rompimento de barragem em Jati ~ TribunaIguatu.com
Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Ministério autoriza retorno de famílias evacuadas após rompimento de barragem em Jati


Após rompimento de tubulação da Barragem Jati, que compõe a obra de Integração do Rio São Francisco, cerca de 2 mil famílias foram evacuadas do local. No fim da tarde desta terça-feira (25), o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), responsável pela obra, anunciou que o retorno dos moradores poderia iniciar no mesmo dia. A previsão segue o anúncio do ministro Rogério Marinho, que esteve no local sábado (22), e prometeu estabilização em até 72h.

Em publicação, o MDR afirma que “segue acompanhando os trabalhos de recuperação na Barragem Jati, onde os serviços estão sendo executados em regime 24 horas. Em paralelo, a Pasta também iniciou os procedimentos para apuração de causas do rompimento de uma das tubulações da infraestrutura”.

As ações em campo são para recomposição do talude da barragem e avaliações preventivas quanto à integridade da estrutura, que segundo o Minstério, permanece estável.

O MDR também afirma que solicitou relatórios técnicos sobre cada etapa de funcionamento, desde a última quinta-feira (20), quando foram abertas as comportas para passagem de água até a Barragem Atalho, primeiro dos seis reservatórios no trajeto até a Paraíba. “A partir do material produzido e de reuniões com as companhias envolvidas no projeto, execução e operação da Barragem Jati, será possível avaliar as possíveis causas do rompimento”, afirma a publicação.

A Barragem Jati foi executada pela empresa Serveng-Civilsan, no período entre janeiro de 2013 e março de 2018.

Por: Badalo.

0 comentários:

Postar um comentário