Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

quinta-feira, 9 de julho de 2020

Polícia de Crato prende mais um acusado na morte do prefeito de Granjeiro


Uma operação da Polícia Civil de Crato coordenada pelo Delegado Regional de Polícia Civil, Luiz Eduardo da Costa Santos, resultou nas prisões de quatro homens no interior de uma casa no bairro Muriti daquele município. Por volta das 05h30min desta quinta (09), os policiais foram ao imóvel cumprir um Mandado de Prisão Preventiva contra Wiliano Ferreira da Silva, que é natural de Salgueiro (PE) e, na casa, estavam outras três pessoas que estão sendo averiguadas.

O mandado contra Wiliano está relacionado com o assassinato do prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, de 54 anos, o “João do Povo”, ocorrido na manhã do último dia 24 de dezembro quando fazia cooper perto de sua casa naquele município. Ele é envolvido em crimes de estelionatos e já fazia parte do processo de investigação desse homicídio que causou grande repercussão em todo o Ceará.

Os quatros homens estão na carceragem da Delegacia de Crato e voa ser ouvidos pelo delegado Luiz Eduardo. No momento da prisão, não houve qualquer reação e, nas buscas feitas no imóvel, não foram encontrados objetos ilícitos. Coincidentemente, o jovem Thyago Gutthyerre Pereira Alves, de 31 anos, apontado como executor do prefeito é, também, de Salgueiro (PE). Ele foi preso no dia 19 de abril na Paraíba, já foi ouvido em duas oportunidades e sempre nega envolvimento no crime.

No último dia 25 de maio o delegado Luiz Eduardo tomou novo depoimento do atual prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé, que era vice de “João do Povo” e assumiu o cargo. O pai dele e ex-prefeito de Granjeiro, Vicente Tomé, continua tornozelado. Antes do terceiro depoimento de Ticiano, o delegado ouviu o vereador Luiz Alberto Ferreira Marques, o “Bebeto da Manteiguinha”, residente no Sítio Picada na zona rural de Granjeiro.

(Fonte: Site Miséria)

0 comentários:

Postar um comentário