Segurança: 28 internos que cumpriam pena no sistema penitenciário federal de segurança máxima são transferidos para o Ceará


Os 28 presos que estavam em presídios Federais e voltaram para o sistema prisional do Ceará exercem papéis de liderança nas três facções criminosas que predominam no estado Comando Vermelho, Guardiões do estado, e Primeiro Comando da Capital

Eles respondem a crimes como organização criminosa, homicídios, roubo, e tráfico de drogas. Os presos foram transferidos para os presídios federais durante e depois da maior série de ataques criminosos a bens públicos e privados do Ceará, ocorridos em janeiro de 2019.

Conforme as investigações, eles ordenaram os crimes de dentro do presídio e alguns deles chegaram a se rebelar na unidade penitenciária, devido o regime duro anunciado pelo secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque.

O Retorno dos detentos se deu pelo término do prazo dos mesmos no sistema penitenciário Federal, sem que as unidades cearenses pedissem tempo.

A renovação da Custódia deles em outros estados entretanto esse pedido está sendo estudado

Com informações do Ceará agora, Wanderlei Moisés.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SABOEIRO DE LUTO! Morreu nesta Madrugada a Primeira Dama do Município, Tânia Martins.

Confira o calendário de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial de R$ 600

Incêndio criminoso: carro é encontrado em chamas na cidade de Várzea Alegre.