Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

sábado, 25 de julho de 2020

Pela quarta vez, time Enactus de Iguatu é finalista em evento de empreendedorismo social


Pela quarta vez, time Enactus de Iguatu é finalista de evento de empreendedorismo social

A equipe conquistou quatro premiações no Evento Nacional da Enactus Brasil e foi a única representante do Ceará.

O empreendedorismo social é uma ferramenta poderosa para transformar comunidades e fazer a diferença na vida de milhares de pessoas. É com essa missão que há quatro anos o time Enactus IFCE Iguatu empodera comunidades locais, realizando parcerias para promover os seus projetos. Não por acaso o time Enactus IFCE Iguatu chega à final do Evento Nacional da Enactus Brasil (ENEB), maior evento de empreendedorismo social do País pela quarta vez consecutiva. O evento, que teve como tema“Conectados com o mesmo propósito” foi realizado de forma virtual, entre os dias 14 a 16 de julho.  


A equipe Iguatuense alcançou o terceiro lugar dentre os 41 times do país que concorriam na edição de 2020, sendo a única representante do Ceará na disputa. Além do reconhecimento de serem um dos três melhores times do Brasil, os membros da equipe receberam mais quatro premiações: o 10º prêmio ODS de “Redução dasdesigualdades” com o projeto Linhas, que tem como objetivo de capacitar mulheres de baixa renda através de cursos de corte e costura; esteve no top 10 de professores conselheiros da Enactus Brasil, representado pela professora Núbia Lucena; Também nos Top 10, o time de Iguatu foi reconhecido pelas mais de 1000 horas trabalhadas no ciclo 2019-2020. 

Francisco Allyson da Silva, presidente do Time comenta sobre as vitórias:“Isso tudo por quatro anos consecutivos nas finais e duas vezes campeões, levando o nome do nosso campus, da nossa cidade e do nosso estado, mostramos que com dedicação e empenho conseguimos realizar tudo o que quisermos”, diz.


A professora conselheira, Núbia Lucena, se diz emocionada com o potencial empreendedor dos estudantes “Sempre acreditei que os alunos podem trazer um movimento diferente às universidades, uma nova sensibilidade na forma de ver o mundo. A força jovem nunca deixa de me surpreender”, diz. Ela conta que mesmo o evento tendo sido feito de forma virtual, foi possível perceber a vibração dos estudante se parabeniza a organização.

Sobre a Enactus
Uma organização internacional sem fins lucrativos que fomenta o empreendedorismo social dentro das universidades. A Enactus está presente em 36 países e em mais de 1700 instituições de ensino. No Brasil, atua desde 1998 e tem times espalhados em 10 universidades com projetos que causam impacto positivo na vida dos mais necessitados por meio de ações empreendedoras. Espera agregar o aprendizado na sala de aula e a criatividade dos jovens para colaborar com um mundo mais justo e sustentável.

Projetos desenvolvidos pelo time Enactus IFCE Iguatu

 -Projeto Linhas: Iniciado em 2017, o projeto tem como objetivo capacitar mulheres do Distrito de Alencar por meio do curso de corte e costura e ajudando-as a obter renda-extra.O projeto teve parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), realizaram o treinamento com a Associação da sArtesãs de Alencar. O curso, de 220 horas, teve como objetivo oferecer oportunidade e renda para as mulheres do distrito assim como proporcionar um momento de socialização entre elas. Atualmente o time acompanha as mulheres participantes, apoiando-as em projetos que possam promover seus negócios.


-Projeto Mudas: Projeto que tem como objetivo baratear os sistemas de irrigação para agricultores familiares.Nele,são utilizadas soluções acessíveis na produção de alimentos,que surpreendem pela criatividade: Palitos de pirulito, pregos e pedaços de arame se transformam em um sistema de irrigação muito barato, ideal para enfrentar as condições semiáridas. Os palitos funcionam como microaspersores, aplicados com grande eficiência. Uma seringa, um pedaço de madeira e outros materiais complementares podem virar um sensor de umidade com um custo médio de R$ 8, valor irrisório diante do preço do equipamento convencional, que pode chegar a R$ 80 no mercado.

- Projeto Mulsas: Projeto de empoderamento feminino que buscar e aproveitar alimentos que seriam descartados pela estética,transformando os produtos em polpas, doces e geleias em uma cozinha industrial construída com o dinheiro arrecadado pelo time Enactus de Iguatu. A iniciativa contempla 23 mulheres já capacitadas que poderão gerar renda extra no segundo semestre de 2020.

0 comentários:

Postar um comentário