Ceará já realizou mais de 280 mil testes para Covid-19 ~ TribunaIguatu.com
Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Ceará já realizou mais de 280 mil testes para Covid-19


A testagem em massa da população é uma das marcas do enfrentamento ao coronavírus no Ceará. Até esta quinta-feira (2), foram realizados 288.366 testes para Covid-19 no Estado, entre testes rápidos e exames de biologia molecular. O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), realizou 99% de testes rápidos e cerca de 68% dos exames de biologia molecular durante a pandemia.
A quantidade significativa de exames permitiu identificar com precisão a incidência da doença no território cearense e o planejamento de ações estratégicas para conter a transmissão do vírus. A secretária de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Magda Almeida, ressalta que a testagem é parte fundamental para fortalecer o combate à doença.
“O diagnóstico precoce do coronavírus é importante para todas as medidas de isolamento, tratamento e rastreamento de contatos. Isso mostra a capacidade do Ceará para responder à epidemia e dar um suporte mais adequado à população em relação ao tratamento da doença”, pontua.

Tipos de exames

Do quantitativo de testes feitos nas cinco Regiões de Saúde do Ceará, 78.030 são exames de biologia molecular (RT-PCR) e 203.018, testes rápidos. Foram confirmados 115.524 casos de coronavírus no Estado. O exame de biologia molecular é feito a partir de secreções coletadas nas vias respiratórias (nariz e garganta), por meio de sonda ou do swab, um tipo de haste de plástico com algodões nas pontas.
Pessoas que apresentam sintomas como febre, tosse, coriza, dor de garganta e cefaleia há pelo menos três dias devem realizar o teste, que é feito nos hospitais do Estado. O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce),ambos da rede estadual, são responsáveis por analisar as amostras coletadas nos exames de biologia molecular e, em seguida, realizar o diagnostico laboratorial de Covid-19. O Trabalho conta, ainda, com o apoio da Universidade de Fortaleza (Unifor) e o Laboratório Argos.
O teste rápido, por sua vez, detecta se a pessoa teve ou não contato com o coronavírus. Quando uma pessoa é infectada, o organismo inicia a produção de anticorpos IgG e IgM, produzidos pelo corpo humano para combater a doença. Estudos científicos demonstram que, a partir do sétimo dia de sintomas, é possível identificar os anticorpos em testes rápidos.

Prevenção

Pacientes com sintomas de Covid-19 e pessoas que tiveram contato com casos suspeitos da doença devem manter o isolamento domiciliar, seguindo todas as medidas de prevenção para reduzir a transmissão do vírus. O respeito ao distanciamento social é outra atitude importante para conter a disseminação da doença em Fortaleza e no interior do Estado.
Por: Goveno do Estado do Ceará.

0 comentários:

Postar um comentário