Idosa confecciona máscaras de proteção facial e doa para o Corpo de Bombeiros do Ceará


Em meio ao cenário atual de pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o mais indicado é ficar resguardado em casa e se proteger. Com essa mudança drástica de rotina, algumas pessoas podem ser afetadas de várias formas. A dona Maria do Socorro da Costa encontrou uma maneira solidária para aproveitar o tempo livre em casa. A senhora de 88 anos passou a confeccionar máscaras de proteção facial para os bombeiros militares, como forma de ajudar a corporação, que diariamente tem lutado para evitar a proliferação do vírus no Estado.
Além do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), dona Maria do Socorro também confecciona máscaras para instituições de caridade que tem um contato mais próximo, na cidade de Fortaleza. O filho, Reginaldo, comentou um pouco sobre a atitude solidária da mãe, durante o período de quarentena. “Desde a infância, aprendi com meus pais, o sentido da solidariedade. Minha mãe é o meu maior exemplo. Ela me fortalece na bondade, na educação e na solidariedade. Ela dedica toda a vida dela ao próximo,” comentou o filho.
Apesar de dona Maria do Socorro, no auge de seus 88 anos de idade, ser considerada no grupo de risco da pandemia do coronavírus, ela não se deixou abalar e segue firme como exemplo de trabalho e dedicação para ajudar o próximo. Com muito carinho e alegria, o Corpo de Bombeiros do Ceará recebeu as doações das máscaras faciais.

Solidariedade

Na atual conjuntura em que a humanidade está passando, gestos como esses têm se tornado prática no dia a dia da corporação. Seja com doações de máscaras por parte da população para os militares, como o inverso. Recentemente, policiais civis da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), realizaram a doação de cestas básicas para famílias carentes da região de Acaracuzinho, em Maracanaú – Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12) do Estado.
Outra importante ação ocorreu no município de Abaiara, no Sertão de Inhamuns. Policiais militares da região se uniram para comprar máscaras de costureiras que estavam desempregadas, as distribuiu a pessoas carentes e orientaram a população quanto às medidas necessárias para que o vírus não se espalhe na localidade. A ação, que começou no mês de abril, já percorreu todos os sítios próximos da zona rural.
O Governo do Ceará em parceria com o Instituto Unibanco e a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV), também colabora com a ajuda a famílias em situação de vulnerabilidade. Cerca de 15.066 kits de higiene foram doados à famílias do Instituto da Primeira Infância (Iprede). Além dos kits de higiene, as entidades que atendem pessoas em situação de rua também recebem 330 cestas básicas do Programa Mais Nutrição para distribuir ao público-alvo.
Por: SSPDS.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SABOEIRO DE LUTO! Morreu nesta Madrugada a Primeira Dama do Município, Tânia Martins.

Confira o calendário de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial de R$ 600

Incêndio criminoso: carro é encontrado em chamas na cidade de Várzea Alegre.