Governo do Ceará intensifica fiscalização para garantir cumprimento de protocolos e evitar aglomerações ~ TribunaIguatu.com
Para Ver Mais Vídeos No Nosso Site CLIK AQUI E VEJA MAIS

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Governo do Ceará intensifica fiscalização para garantir cumprimento de protocolos e evitar aglomerações

Em live nas redes sociais, governador Camilo Santana também falou sobre a abertura de novo hospital de campanha em Sobral
O governador do Ceará Camilo Santana anunciou nesta terça-feira (9) que o Governo do Ceará, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, intensificou as ações de fiscalização para evitar aglomerações em Fortaleza, após a Capital entrar na Fase 1 do Plano de Retomada Econômica. Camilo listou também em sua transmissão ao vivo nas redes sociais que o Estado ganhou mais um Hospital de Campanha em Sobral, totalizando agora 218 leitos no HRN, sendo 114 de enfermaria e 104 leitos de UTI.

Fiscalização

O governador ressaltou a sua preocupação após ver algumas imagens de aglomerações em pontos comerciais de Fortaleza nos primeiros dias da fase 1 do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais. “O Estado e a Prefeitura tomaram a decisão de fazer inúmeras fiscalizações com Guarda Municipal, Polícia Militar, Vigilância Sanitária, com a secretaria de saúde estadual, para garantir que o decreto e protocolos sejam cumpridos. Nós não voltamos à normalidade, nós continuamos em isolamento social em Fortaleza e no Ceará. Iniciamos essa semana o retorno por conta do decréscimo dos indicadores de saúde, com queda de ocupação nos leitos hospitalares e de UTI, a procura no sistema público de saúde, na diminuição de casos e óbitos por Covid-19″, disse o governador.
Contudo, Camilo lembrou que, para que essa flexibilização continue avançando, é preciso cumprir todas as regras e protocolos. Além disso, listou que muitas atividades seguem vedadas. “Vamos avaliar durante 14 dias o comportamento da cidade, monitorando os indicativos da saúde. É fundamental que as pessoas tenham consciência e sigam as regras. A retomada é muito importante, mas só avançará se houver a colaboração de todos. Sair de casa, só quando necessário, e usando máscara”, relembrou. O governador disse ainda que as lojas devem funcionar apenas com uma ocupação de 30% dos espaços físicos, e no máximo com 40% de funcionários nos estabelecimentos. “Nem tudo está autorizado. Escolas e academias de ginástica estão sem funcionar. É proibida a utilização dos espaços públicos e as aglomerações, bares e restaurantes continuam fechados, e o atendimento tem de ser feito por delivery”.

Hospital de Campanha

O governador também informou durante a transmissão que começou a funcionar, em Sobral, mais um Hospital de Campanha montado pelo Governo do Estado, exclusivo para tratamento de pacientes com Covid-19. O espaço, instalado no ambulatório do Hospital Regional Norte (HRN), conta com 42 leitos de enfermaria e atenderá pacientes de toda a região. Com a abertura da nova unidade de campanha, o HRN tem agora 218 leitos, sendo 114 de enfermaria e 104 leitos de UTI, todos exclusivos para pacientes com coronavírus.
“Continuamos trabalhando para ampliar a rede de leitos em todo o interior do Ceará. Já ampliamos na Região Norte, com mais 42 leitos em Sobral. Mas o atendimento primário, que tem feito a diferença em Fortaleza, está sendo replicado também no interior. Além disso aumentamos o atendimento do Samu em mais municípios, com mais bases e ambulâncias, sempre com a importante missão do atendimento emergencial e na transferência de pacientes graves para os hospitais pólo de cada região”, informou Camilo. O governador disse também que o crescimento do número de casos em alguns municípios da Região Norte preocupa, por isso a manutenção do isolamento social rígido em Sobral, Camocim, Acaraú e Itarema.

Importância da consciência da população

O governador terminou a transmissão ressaltando a importância da consciência da população cearense, além dos donos de estabelecimentos comerciais que estão participando da reabertura gradual do comércio em Fortaleza. “Os shoppings e as empresas precisam cumprir todos os protocolos estabelecidos para continuar funcionando, manter os critérios de saúde e seguir com todas as orientações sanitárias. Sei que todos precisam trabalhar, mas temos de fazer isso com responsabilidade, senão corremos o risco de voltar tudo de novo. Vamos fazer da forma correta, respeitando o distanciamento e tudo que está no decreto, e assim conseguiremos retomar mais rapidamente a economia e restabelecer os empregos dos cearenses. Mas, acima de tudo, continuamos nos preocupando com as vidas dos nossos irmãos e irmãs cearenses”, finalizou o governador Camilo Santana.
Por: Governo do Estado do Ceará.

Um comentário:

  1. Quando essa barreira vai sai das cidade ?Por quer moro no Rio de Janeiro mais sou do ceara tá com um mês que comprei a passagem é tão só adiando por causa dessa barreira .

    ResponderExcluir