Novo edital do AvanCE apoiará 3.400 estudantes da rede pública estadual que ingressarem no ensino superior ~ TribunaIguatu.com

quarta-feira, 10 de novembro de 2021

Novo edital do AvanCE apoiará 3.400 estudantes da rede pública estadual que ingressarem no ensino superior

 


Governo do Ceará está investindo quase R$ 20 milhões para melhorar condições de manutenção dos estudantes cearenses em vulnerabilidade econômica na universidade

O governador Camilo Santana lançou, nesta quarta-feira (10), o novo edital do Programa AvanCE, na sede da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), em Fortaleza. A iniciativa vai disponibilizar 3.400 bolsas no valor de R$ 468,50 (cada), a serem concedidas durante 12 meses para melhorar as condições de permanência no ensino superior aos estudantes da rede pública estadual em vulnerabilidade econômica.

O lançamento foi prestigiado pela comunidade escolar com muita alegria, e também contou com a presença da vice-governadora Izolda Cela; da secretária da Educação, Eliana Estrela; do secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Inácio Arruda; e demais autoridades.

Criado em 2017, o AvanCE é desenvolvido por meio da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), e a concessão das bolsas é realizada pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap). O Programa já beneficiou três mil estudantes nos dois primeiros editais, lançados em 2017 e 2019, respectivamente, somando um investimento de R$ 17,6 milhões.

O novo edital vai contemplar estudantes inscritos no CadÚnico que ingressaram no ensino superior no segundo semestre de 2019 e no primeiro e segundo semestres de 2020, com investimento anual previsto de quase R$ 20 milhões.

Segundo o governador Camilo Santana, o AvanCE integra uma política pública continuada de educação, com ações vão desde atenção à Primeira Infância até a ampliação e interiorização das universidades estaduais. “Nós somos o estado do Brasil pioneiro nessa política, que tem feito desde a infância, passando pelo ensino fundamental, ensino médio médio e universidade. O objetivo disso é nunca interromper o sonho dos alunos que desejam concluir o ensino superior, seja em uma faculdade do Ceará ou fora do estado”.

O edital será publicado no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira. Já as inscrições começam no dia 22 de novembro e seguem até 1° de dezembro, exclusivamente no site http://avance.seduc.ce.gov.br.

Ao citar o esforço coletivo para garantir educação de qualidade aos estudantes cearenses, Izolda Cela ressaltou que programas como o AvanCE vão para além da sala de aula, estendendo-se a diversas áreas. “Essas ações seguem com outros apoios voltados para a inserção no mundo para o trabalho e outras coisas que o Governo do Ceará está se esforçando para fazer”.

Educação, uma nova história

Com o AvanCE, a possibilidade de cursar o ensino superior tornou-se realidade para Matheus Ferreira, que foi contemplado com a bolsa no edital de 2019. Matheus, que é natural de Canindé e sempre estudou em escola pública, hoje reside em Fortaleza, onde cursa Administração. Para ele, a bolsa representou apoio e tranquilidade para continuar firme na jornada em busca do sonho. “Eu sou do Interior, então quando vim pra Capital sem ter um apoio financeiro, o AvanCE supriu essa necessidade minha. Eu considero muito como base pra hoje eu estar cursando a minha graduação. Já estou na metade da minha graduação, estagiando na minha área, e já tenho uma proposta de efetivação na empresa. Só que, por enquanto, eu não aceitei por conta justamente da graduação, pois assim que terminar quero fazer minha pós e continuar como efetivo na empresa”, contou Matheus, que agradeceu ao professor que o incentivou a fazer sua inscrição no edital.

Uma esperança também para Adaildo Silva, jovem morador do município de Tarrafas, no Cariri cearense. Adaildo cursa a 3 série na Escola Estadual de Ensino Médio Luiz Gonzaga de Alcântara e domina a arte do cordel, apresentando o que escreveu sobre a evolução da educação cearense no evento de lançamento do novo edital. “Eu já estou visando esta oportunidade. Se Deus quiser, no ano que vem, vou participar do próximo edital e concorrer, porque a crise está grande mas a vontade está maior. A gente tem essa esperança. Eu acho que essa bolsa também é sinônimo de esperança para os jovens que querem entrar e progredir na universidade pública e particular”, ponderou.

As palavras de Adaildo versam sobre um Ceará resiliente, sonhador e inteligente, que tem na educação e na cultura as bases para uma juventude que avança na construção de uma nova história. “O ensino no nosso estado começa antes do nascer / Com um cuidado especial para criança se desenvolver / É um ensino que visa cuidar desde o Tempo de Brincar até o Tempo de Aprender”, escreveu Adaildo, mencionando as iniciativas que começam já pelo Programa Mais Infância Ceará.

Acolher para incluir

A titular da Seduc, Eliana Estrela, reforçou que, apoiados pelo Governo do Ceará, Seduc e escolas, os estudantes cearenses têm potencial para conquistarem o que desejam. “A gente acredita que precisa olhar desde a infância e fazer com que vocês ingressem nas universidades, para ter uma vida mais justa e mais digna”, afirmou Eliana Estrela.

Na oportunidade, o governador anunciou que prepara projeto para manter a valorização dos servidores públicos da Educação. “Quero dizer aos servidores aqui da casa o meu compromisso de ainda este ano encaminhar uma lei para Assembleia Legislativa com melhorias tanto da carreira como salariais dos servidores”, garantiu Camilo Santana.

Aos se direcionar aos estudantes, o titular da Secitece, Inácio Arruda, apresentou os reitores presentes, destacando que as instituições de ensino superior do Ceará então entre as melhores do País. “Quem produz o desenvolvimento hoje no mundo é o conhecimento. E o conhecimento está na educação e está especialmente nas nossas universidades. É lá que estão laboratórios, é lá que se produz a vacina. A vacina no braço vem dos cientistas, vem das pesquisas, vem de vocês, que estarão juntos na universidade e que são o nosso futuro, a nossa riqueza, a produção da ciência e conhecimento”.

O reitor da Universidade Estadual do Ceará (Uece), professor Hidelbrando Soares, avaliou como o AvanCE consegue minimizar as dificuldades enfrentadas pelos universitários durante o primeiro ano na faculdade. “[O primeiro ano] talvez seja o ano mais difícil que a gente tem na universidade; fixação de permanência, de garantia que aquele menino vai seguir em frente. Se a gente passar do primeiro ano, se vocês passarem do primeiro ano, eu tenho certeza que a universidade também entra pra dar o apoio”.

O professor Cândido Albuquerque, reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), também pontuou a importância desse acolhimento. “No primeiro ano da Universidade, é tudo novo, o aluno está chegando, portanto o papel da universidade é o de acolher para que se sintam incluídos. E o AvanCE vem exatamente contribuir neste momento”.

Também estiveram presentes o presidente da Funcap, Tarcísio Pequeno; o cientista-chefe da Educação, Jorge Lira; e o diretor científico da Funcap, Luiz Drude.

Larissa Falcão - Ascom Casa Civil - Texto
Carlos Gibaja e Tiago Stille - Fotos


#AvanCE #BolsasDeEstudo #EditalDoAvanCE #Educação #EnsinoSuperior #Funcap #Secitece #SEDUC

0 comentários:

Postar um comentário