Governo do Ceará destina 3 mil bolsas para fortalecer ação de estudantes na Busca Ativa Escolar da rede estadual ~ TribunaIguatu.com

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Governo do Ceará destina 3 mil bolsas para fortalecer ação de estudantes na Busca Ativa Escolar da rede estadual

 


Para garantir a permanência de jovens cearenses nas escolas estaduais, o governador Camilo Santana anunciou, nesta terça-feira (11), 3 mil bolsas para que alunos do Ensino Médio atuem como monitores no Programa Busca Ativa Escolar. O anúncio, que marca o Dia Nacional do Estudante, contou com a presença da vice-governadora Izolda Cela, e da secretária da Educação, Eliana Estrela, além de representantes de alunos e diretores. Toda a comunidade escolar acompanhou a solenidade virtualmente, através das redes sociais.

Parte do Ceará Educa Mais, a iniciativa fortalece a manutenção e permanência dos jovens nas 670 escolas de Ensino Médio da rede estadual, ao mesmo tempo que apoia o orçamento familiar dos estudantes. Os alunos-monitores selecionados receberão benefício mensal no valor de R$ 200 nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro de 2021.

“Nós não queremos perder um aluno. O aluno que estiver faltando, esses monitores vão procurar saber o motivo, seja através do celular ou visitando o colega, para saber a razão de não estar indo à escola, e conversar com os professores. Ou seja, permitir essa ambiência para a gente trazer de volta, ajudar o aluno, saber se tem algum problema junto aos familiares. É uma rede de apoio e, para isso, estamos estimulando nossos alunos a participarem desse processo”, justificou Camilo Santana, parabenizando todos os estudantes em nome dos representantes Maria Rosa Castro e Saul Alexandre Batista.

Izolda Cela reforçou que a ação estimula o protagonismo estudantil. “É muito simbólico neste momento em que a gente comemora o Dia do Estudante, lançar esta ação de Busca Ativa para garantir que todo estudante esteja na escola, que é o lugar dele, com a participação da própria moçada. A Seduc já vem descobrindo isso há algum tempo: a importância de usar a favor dos seus projetos de vida e estudos, e sendo solidários com os outros. Eles vão ajudar a escola, entrando nesse compromisso de trazer os colegas”.

A Busca Ativa Escolar já tem uma série de ações capilarizadas por todo o Ceará, com a finalidade de encontrar alternativas para reverter quadros de infrequência e de abandono. Os alunos-monitores se incorporam à força-tarefa que já conta com a iniciativa dos quase 5.400 Professores Diretor de Turma (PPDT), além de psicólogos educacionais, educadores sociais do protagonismo e integrantes do GCAPE (Grupos Cooperativos de Apoio à Escola).

A titular da Seduc, Eliana Estrela, explicou que a estratégia tornou-se ainda mais necessária para minimizar os impactos da pandemia na aprendizagem. “Segura na mão e puxa, para que ninguém desista. Nós vínhamos, historicamente, no Ceará com queda em abandono [escolar]. Nós tínhamos um abandono de quase 17%, e já estávamos com 2,9% de abandono. Mas com essa pandemia muda um pouco esse contexto. Precisamos investir nessa Busca Ativa, para que os nossos jovens estejam no lugar certo. O lugar é a escola”.

A estudante Maria Rosa, que cursa a 1ª série do Ensino Médio na EEMTI Jenny Gomes, em Fortaleza, ressaltou que, além das ações e investimentos que potencializam a aprendizagem, a cooperação entre professores e alunos também traz resultados. “Ressalto o trabalho de nossos professores e da gestão escolar junto às famílias que compõem a nossa comunidade, pois no ano pandêmico de 2020, a nossa escola apresentou abandono zero, o que nos orgulha e fortalece”.

Marcos Antônio Bezerra, diretor da EEMTI Jenny Gomes, destacou que o modelo de Escola em Tempo Integral contribui para fortalecer os vínculos entre professores e alunos. “Foi uma luz [o governador] trazer para o nosso Estado a Escola de Tempo Integral. Digo isso porque sou de chão da escola. Eu tinha uma escola que era de tempo regular, e solicitei que nossa escola fosse de Tempo Integral. Hoje, os resultados são maravilhosos. Nós saímos de uma evasão de 9,5% para uma evasão zero. Saímos de um Ideb 4,6 para 5,4”, comemorou.

Ceará Educa Mais

O programa, lançado pelo Governo do Estado em julho deste ano, estabelece 25 ações para a progressiva melhoria da qualidade da educação cearense. Entre as linhas de atuação do Ceará Educa Mais está o Protagonismo Estudantil, compreendido como elemento fundamental na formação dos estudantes como pessoas humanas, futuros profissionais, cidadãos e potenciais agentes de transformações positivas em suas comunidades.

Larissa Falcão - Ascom Casa Civil - Texto
José Wagner - Fotos

#AlunosMonitores #Bolsas #BuscaAtivaEscolar #DiaDoEstudante #EnsinoMédio #Fortalecimento #SEDUC #Vínculo


0 comentários:

Postar um comentário